As ONGs podem contratar profissional nos moldes da legislação trabalhista vigente?

Por: Revista Filantropia
01 Janeiro 2008 - 00h00

Para que usufruam da imunidade, nos termos da Constituição Federal e do Código Tributário Nacional, as entidades sem fins econômicos não podem distribuir qualquer parcela de seu patrimônio ou de suas rendas, a qualquer título; devem aplicar integralmente no país os seus recursos na manutenção dos seus objetivos institucionais; e devem manter a escrituração de suas receitas e despesas em livros revestidos de formalidades capazes de assegurar sua exatidão. No momento em que a entidade pretende contratar um associado nos termos da CLT, alguns cuidados devem ser observados, para que não reste configurada a distribuição de lucros, ou pareça que se trata de distribuição indireta. Assim, a contratação deve ser realizada para uma atividade específica, muito bem delineada, cujo salário se enquadre no valor pago a profissionais que atuam na mesma função, entre outros requisitos.

Conteúdo Relacionado

EDITAIS FILANTROPIA PLATAFORMA ÊXITOS
15.490
Oportunidades Cadastradas
9.585
Modelos de Documentos
3.095
Concedentes que Repassam Recursos
Prazo
8 Abr
2020
Research Enrichment – Public Engagement
Prazo
7 Fev
2020
ELETROBRAS - Chamada Pública Procel Edifica? - NZEB...
Prazo
20 Mar
2020
IX Prêmio Fotografia-Ciência & Arte - CNPq
Prazo
5 Mar
2020
ONU/PNUD - Ocean Innovation Challenge
Prazo
31 Mar
2020
Edital X - Fundo Dema - Fortalecer a Agroecologia a...
Prazo
23 Jan
2020
Chamada Pública IPEA/PNPD - Projeto: “Políticas...
Prazo
20 Jan
2020
Chamamento Público para Projetos de Sustentabilidade...
Prazo
16 Fev
2020
Edital de Apoio a Organizações da Sociedade Civil...
Prazo
28 Fev
2020
Prêmio CAPES - Natura Campus de Excelência em Pesquisa...
Prazo
31 Dez
2020
Patrocínios e Doações - Instituto Usiminas

PARCEIROS VER TODOS