Um funcionário de uma entidade filantrópica pode ser eleito para a diretoria dessa entidade? Em caso positivo, ele pode receber remuneração por outras funções exercidas na organização?

Um funcionário de uma entidade poderá ser eleito como diretor desde que, no Estatuto Social da entidade, haja autorização para tanto, uma vez que a regra é a de que somente associados podem votar e ser votados. A remuneração por outra atividade exercida é possível, sempre de acordo com a média salarial da região. No entanto, entendemos ser temeroso para aquelas entidades que pretendem manter suas titulações, pois cabe ao diretor se dedicar à sua função, e diante da proibição da remuneração à diretoria, poderia ser questionado se a remuneração não seria uma maneira de burlar a lei.

PARCEIROS VER TODOS