O macaco cabeçudo

Por: Marcelo Torrecilas
01 Janeiro 2004 - 00h00
Depois de passar por tudo o que passou, eis aí o ser humano, em pleno século 21. Quem diria! Desde que o tal primata se deu conta de que pensava, começou a achar que sabia de tudo.

Até o final da Idade Média, princípio da era industrial, ele ficava séculos no mesmo lugar, fazendo a mesma coisa, geração após geração, sempre do mesmo jeitinho. Nem causava tanto estrago assim, mas os últimos 100, 150 anos, em especial, foram demais! Quando parecia que o macaco estava pegando o jeito desse negócio de pensar, fez um monte de bomba barulhenta e se matou de tantas maneiras diferentes que não dá nem pra contar.

Nesses primeiros dias de 2004, o Homo sapiens já domina muita tecnologia, diversas formas de energia e um conhecimento do próprio mapa genético que pareceriam ficção científica um século atrás!

Contudo, a vida do primata no início desse milênio não é ficção científica... é pra­ticamente filme de terror! Hoje em dia, matar, violentar, seqüestrar, roubar, enganar, passar a perna – tudo virou banalidade de notícias policiais, e o público quer sempre mais! Quanto mais escabroso o caso, melhor e, depois do comercial, a mais nova tramóia. O mundo gira em função do dinheiro, o macaco só quer saber quanto vai embolsar na jogada... mesmo que crianças morram pela fome ou pela sede de sangue. Assim, quem busca o justo é otário, quem faz por caridade então...

Tá maluco, macaco?!

Dormir com a janela aberta, andar pelo bairro, passear de trem, trabalhar sem preocupação, crianças aprendendo coisas construtivas, sorvete na praça numa noite quente de verão... O que era normal antigamente hoje é novela de época.

Que tal voltar a ser feliz? Começando com as pequenas coisas: não jogar lixo na rua, não furar fila, não roubar uma balinha, não queimar a faixa ou o farol vermelho, fazer por merecer o voto recebido, executar o trabalho a que se propôs dando o melhor de si e respeitar o trabalho do outro, seja ele qual for... Aos poucos dá pra reconstruir um mundo muito melhor, mais justo, mais... humano. Vamos lá, macacada! A gente consegue!

Utopia?

Só se o macaco cabeçudo inventar uma bomba ainda mais barulhenta, ou se a idéia morrer comigo.

Tudo o que você precisa saber sobre Terceiro setor a UM CLIQUE de distância!

Imagine como seria maravilhoso acessar uma infinidade de informações e capacitações - SUPER ATUALIZADAS - com TUDO - eu disse TUDO! - o que você precisa saber para melhorar a gestão da sua ONG?

Imaginou? Então... esse cenário já é realidade na Rede Filantropia. Aqui você encontra materiais sobre:

Contabilidade

(certificações, prestação de contas, atendimento às normas contábeis, dentre outros)

Legislação

(remuneração de dirigentes, imunidade tributária, revisão estatutária, dentre outros)

Captação de Recursos

(principais fontes, ferramentas possíveis, geração de renda própria, dentre outros)

Voluntariado

(Gestão de voluntários, programas de voluntariado empresarial, dentre outros)

Tecnologia

(Softwares de gestão, CRM, armazenamento em nuvem, captação de recursos via internet, redes sociais, dentre outros)

RH

(Legislação trabalhista, formas de contratação em ONGs etc.)

E muito mais! Pois é... a Rede Filantropia tem tudo isso pra você, no plano de adesão PRATA!

E COMO FUNCIONA?

Isso tudo fica disponível pra você nos seguintes formatos:

  • Mais de 100 horas de videoaulas exclusivas gratuitas (faça seu login e acesse quando quiser)
  • Todo o conteúdo da Revista Filantropia enviado no formato digital, e com acesso completo no site da Rede Filantropia
  • Conteúdo on-line sem limites de acesso no www.filantropia.ong
  • Acesso a ambiente exclusivo para download de e-books e outros materiais
  • Participação mensal e gratuita nos eventos Filantropia Responde, sessões virtuais de perguntas e respostas sobre temas de gestão
  • Listagem de editais atualizada diariamente
  • Descontos especiais no FIFE (Fórum Interamericano de Filantropia Estratégica) e em eventos parceiros (Festival ABCR e Congresso Brasileiro do Terceiro Setor)

Saiba mais e faça parte da principal rede do Terceiro Setor do Brasil:

Acesse: filantropia.ong/beneficios

PARCEIROS VER TODOS