Literalmente à distância

Por: Instituto Filantropia
21 Maio 2020 - 00h00

 6332-abertura

Em tempos de pandemia, como a do novo coronavírus, que começou a se espalhar pelo mundo em dezembro de 2019 a partir da cidade chinesa de Wuhan, as empresas, o poder público e as pessoas em todo o mundo sentiram profundamente, no caixa ou no bolso, os reflexos do avanço da doença.

As organizações sociais também estão passando por esta mesma situação dramática, constatada principalmente pela diminuição do volume de doações. A queda nas receitas se deu inclusive pela pausa total na realização de eventos beneficentes e pelo fechamento compulsório de lojas físicas próprias ou mesmo de parceiros, que geralmente têm acordos para o repasse de parte da comercialização de determinados itens.

Mais do que nunca, tornou-se fundamental às organizações a geração de renda por meio da venda de produtos em suas lojas on-line, a exemplo do Anel-Anilha Vinacea, em prata reciclada, disponível no Instituto Espaço Silvestre. Sediada em Itajaí (SC), a entidade trabalha pela promoção do bem-estar animal e da conservação do meio ambiente pela ciência, educação e pelo desenvolvimento socioeconômico.

Da mesma forma, o Instituto do Câncer Infantil, de Porto Alegre (RS), tem atuado para continuar a atender crianças e adolescentes com esta grave doença – que as colocam no grupo de risco da Covid-19 –, visando aumentar os índices de cura e qualidade de vida dos pacientes e de seus familiares. Entre os itens vendidos pela entidade, destaca-se o boné com a logomarca do ICI nas laterais.

O Instituto Santo Pet, que realiza trabalhos voluntários cuidando de animais abandonados e apoiando abrigos, também continua buscando gerar caixa. Entre os produtos disponíveis em sua loja on-line, está a caneca com estampa com o desenho de um cãozinho e o logotipo da ONG paulistana.

PARCEIROS VER TODOS