Awakening Customers

Por: Felipe Rosito
01 Maio 2009 - 00h00

Como sabemos, o mundo está passando por uma grande crise. E essa crise não diz respeito apenas à falta de empregos, oportunidades e dinheiro. É uma crise também de valores. Talvez uma grande revolução que seremos forçados a viver. Mas nem tudo está perdido. Se é verdade que em toda crise existem novas oportunidades, chegou o momento de conhecer quem possivelmente é o nosso mais novo público-alvo.

Sacrifice will become simplicity (o sacrifício se tornará simplicidade). Essa é a mais nova premissa do marketing mundial. As pessoas que foram afetadas pela crise vão mudar os seus padrões de consumo, optando por uma vida mais “simples”. Com a falta de dinheiro e a incerteza sobre o futuro, a palavra de ordem é segurar a onda na hora de consumir. Algumas famílias vão apreciar esse nível de simplicidade no seu dia-a-dia, procurando atividades mais caseiras, trazendo um novo sentido à vida em família. Receitas tradicionais, como uma pizza em casa seguida de um filme no DVD, vão ganhar popularidade e haverá uma rejeição do consumo de produtos percebidos como poluentes, principalmente no segmento de carrões de luxo.

O consumidor tradicional irá questionar o que a sua marca está fazendo. Algumas teorias empresariais pregam que é hora de dar a ele menos opções, como vem fazendo a Patagônia, que reduziu algumas linhas de produtos. As marcas serão avaliadas conforme a sua pró-atividade em resolver questões sobre desenvolvimento sustentável, evidenciando o equilíbrio do uso dos recursos naturais para a produção de produtos de consumo.

Mas não é só nas empresas que a mudança está ocorrendo. Cada vez mais o comportamento das pessoas na hora de comprar algo seguirá o seguinte raciocínio: “Será que eu preciso disso?”. Em tempos de crise, os produtos também se transformam. Hummers vão passar de automóveis de “pessoas VIP” para “OVSP (Official Vehicle of Stupid People – veículo oficial de pessoas ignorantes).

Entretanto, o consumo de alto escalão ainda existirá, porém com um foco diferenciado. Sai o produto de status e entra o que realmente merece um preço mais alto, principalmente no que se refere aos bens duráveis. Resumindo: o luxo, antes fator de diferenciação, acaba de se tornar supérfluo.

Outra “novidade” que a crise está trazendo é um novo senso de participação das pessoas na sociedade. Com a recessão econômica e os escassos recursos financeiros, a colaboração e o espírito de solidariedade estarão em evidência. Um grande senso de comunidade irá emergir, substituindo o conceito de globalização por humanidade, assumindo o meio ambiente como nosso lar.

Concluindo, por mais incrível que possa parecer, a nova possível quebra de paradigmas da vida em sociedade partirá novamente de um momento de recessão, e não de fartura, como vivemos nos últimos quatro anos em escala global. Mesmo com tanto dinheiro circulando em épocas prósperas, não conseguimos erradicar a miséria do mundo por pura falta de interesse. Só para termos uma ideia, se os 20 países mais ricos do mundo doassem apenas 0,6% do seu PIB, tiraríamos da miséria 1,1 bilhão de pessoas. Mas quem sabe essa crise não tenha surgido justamente para questionarmos esse modo insustentável de vida? De agora em diante, o mundo empresarial terá quatro pilares da sustentabilidade (simplicidade, igualdade, responsabilidade e comunidade) totalmente baseados nas pessoas.

Essa nova visão do mercado vem substituir o atual Triple Bottom Line, que classifica a atuação das empresas apenas no desenvolvimento social, ambiental e empresarial. As marcas mais prósperas no mercado serão aquelas que conseguirem articular melhor esses valores. Boa sorte a todos nós!

EDITAIS FILANTROPIA PLATAFORMA ÊXITOS
19.064
Oportunidades Cadastradas
9.597
Modelos de Documentos
3.404
Concedentes que Repassam Recursos
Prazo
30 Jun
2020
Linha emergencial de crédito Conexsus
Prazo
Patrocínio BS2
Prazo
31 Jul
2020
GlobalGiving Accelerator - Virtual Training Program...
Prazo
30 Nov
2020
Stop Slavery Award 2021
Prazo
31 Jul
2020
AEB - Chamamento Público para lançamentos a partir...
Prazo
4 Set
2020
Ideias para o Futuro
Prazo
Matchfunding Enfrente o Corona
Prazo
1 Ago
2020
Todos os olhos na Amazônia
Prazo
1 Ago
2020
The IFREE Small Grants Program
Prazo
31 Dez
2020
Patrocínios e Doações - Instituto Usiminas

PARCEIROS VER TODOS