A Influência da Cultura na Formação do Cidadão

Por: Felippe William
11 Setembro 2014 - 01h22

Mais do que uma característica essencial de uma sociedade, a cultura pode ser considerada como o elemento principal que difere uma nação de outra. Os costumes, a música, a arte e, principalmente, o modo de pensar e agir, fazem parte da cultura de um povo e devem ser preservados para que nunca se perca a singularidade do coletivo em questão. A palavra cultura deriva do latim, colere, que tem como significado literal “cultivar”. Partindo desse princípio, percebemos que se trata de uma herança acumulada ao longo dos anos, e que deve ser preservada.
Cada pessoa pertencente a uma determinada nação agrega valores culturais, os quais a levarão a fazer ou expressar-se de forma específica. Esse mecanismo de adaptação é um dos principais elementos da cultura, e torna-se ainda mais importante quando se alia ao fator cumulativo. As modificações que se desenvolveram e que foram trazidas por uma geração passam para a geração seguinte, e se implementam ao melhorar aspectos para futuras gerações.
Durante muito tempo, o termo cultura foi estudado e acabou sendo dividido em algumas categorias:
Cultura segundo a Filosofia: trata-se de um conjunto de manifestações humanas, de interpretação pessoal, e que condizem com a realidade.
Cultura segundo a Antropologia: o termo deve ser compreendido como uma soma dos padrões aprendidos, e que foram desenvolvidos pelo ser humano.
Cultura Popular: associa-se a algo criado por um determinado grupo de pessoas que possuem participação ativa nessa criação. Música, arte e literatura são exemplos que podem ser utilizados.
Por ser um agente forte de identificação pessoal e social, a cultura de um povo se caracteriza como um modelo comportamental, integrando segmentos sociais e gerações à medida que o indivíduo se realiza como pessoa e expande suas potencialidades. Entretanto, é necessário lembrar que essa percepção individual tem grande influência por parte do grupo. As escolhas selecionadas ou valorizadas pelo grupo tendem a ser selecionadas na percepção pessoal.
Além disso, a cultura possui quatro processos que têm participação ativa na influência do indivíduo:
O Agente Cultural: Seja qual for a forma de expressão artística que ele promove, trata-se de alguém que se sente valorizado pelo que é capaz de fazer e, mesmo na velhice, é muitas vezes procurado para transmitir seus conhecimentos aos mais jovens.
O Propagador Cultural: É aquele que não cria, mas que valoriza e ajuda a difundir determinados tipos de arte. Muitas vezes, dedica sua vida a esse propósito. Dentro desse grupo, estão incluídos os indivíduos que compram e comercializam produtos culturais.
O Espectador Cultural: Grupo formado por pessoas que não criam e nem difundem a arte, mas que são apreciadores do gênero e que se identificam com outros de pensamento semelhante. Um exemplo do gênero e que pode ser citado é a formação dos fã-clubes, que interagem entre si promovendo o ídolo de diversas maneiras.
O Alienado Cultural: Trata-se de alguém ou determinado grupo que denuncia as formas de expressão cultural. Presente muitas vezes em regimes ditatoriais, evidencia a exclusão social e oprime movimentos artísticos menos poderosos mas, nem por isso, com menos influência na sociedade.

A identidade cultural, em níveis diferentes, constrói a consciência do povo. Isso ocorre devido à necessidade de comunicação, e aquele que se comunica o faz por meio de certos meios e formas. Um dos objetivos de democratizar a cultura é aumentar o acesso aos bens culturais que já existem, possibilitando que as pessoas possam desenvolver o seu próprio modo de ser e participar da comunidade como um todo. O acesso à cultura depende de alguns aspectos específicos: o acesso físico permite a melhor distribuição dos equipamentos culturais, e também possibilita o transporte de todas as pessoas, independente de onde residam (periferia, subúrbio, centro); o acesso econômico está relacionado aos custos de participar dos eventos culturais de uma cidade ou comunidade, portanto, deve-se pensar na relação custo-benefício entre a criação e o consumo artístico; e o acesso intelectual, que é responsável pela compreensão do produto artístico, formando público e agentes culturais.
O Brasil possui uma vasta herança cultural, e um exemplo disso se encontra nas artes visuais. Na pintura, desde o estilo barroco foi desenvolvida uma tradição relacionada à decoração de igrejas, e muito pode ser visualizado nos centros nordestinos e no Estado de Minas Gerais. Com a ascensão do Modernismo no século 20, o país acompanhou uma onda de renovação trazida por artistas como Di Cavalcanti, Portinari e Tarsila do Amaral. Já no campo da escultura, o país também possui referências importantes, como Rodolfo Bernardelli e Amilcar de Castro, muito influenciados pelas obras de Aleijadinho. Toda essa diversidade histórica do país, aliada a obras musicais e literárias, nem sempre é direcionada à população como deveria. Entretanto, algumas entidades existentes facilitam o acesso das pessoas à cultura.
Em 1940 foi concebido o Sistema S, conjunto de instituições criadas por empresários as quais são alimentadas com recursos dos setores correspondentes, revertidos para o bem-estar e a formação do trabalhador. Em 1946 foi desenvolvido o Serviço Social do Comércio (SESC), empresa privada sem fins lucrativos mantida por empresários de bens, comércio e serviços. O SESC se caracteriza por ser uma das maiores empresas a investir em áreas como educação, esporte, lazer e, principalmente, cultura. Sua abrangência também tem grande contribuição para que isso ocorra, visto que várias unidades estão espalhadas por todo o território nacional. A instituição prioriza locais próximos a terminais de ônibus ou a estações de metrô, viabilizando e facilitando o acesso dos visitantes. Diversos eventos, como peças de teatro, exibição de filmes e shows, também fazem parte das atividades culturais, sendo muitas vezes gratuitas para os associados ou com preço acessível.
Devido à dificuldade na coleta de dados concretos sobre a produção e consumo cultural, o SESC desenvolveu recentemente uma pesquisa visando a ampliar a investigação acerca dos hábitos e práticas culturais do povo brasileiro. Segundo o portal, a pesquisa “Públicos de Cultura” foi realizada pelo Serviço Social do Comércio (Sesc) e a Fundação Perseu Abramo por meio de 2.400 entrevistas em 139 municípios.
A pesquisa retrata hábitos e gostos culturais dos indivíduos entrevistados. Dentre os hábitos culturais são analisados comportamento, disponibilidade e constância com a qual os abordados produzem ou consomem cultura. De acordo com os dados da pesquisa, de segunda a sexta-feira 58% dos entrevistados ocupam seu tempo ocioso com atividades caseiras. Aos finais de semana, 34% afirmam realizar atividades em casa, 34% procuram por atividades de lazer e 9% se dedicam a práticas religiosas. Com relação à produção cultural, os resultados mostram que uma pequena parcela da população mostra-se comprometida com a ampliação cultural. Somente 15% alegam cantar individualmente ou em grupo, 13% se dedicam a dança e 10% tocam algum instrumento. Ainda há atividades menos realizadas, como o teatro e a expressão corporal, contando com apenas 1% dos entrevistados. Muitas das pessoas em questão dizem se informar sobre as atividades que costumam participar por meio de amigos ou pela mídia. A escolha por expressões culturais como música, leitura, dança e artes cênicas mostram o que é valorizado pelos brasileiros e onde buscam entretenimento.

 

meios que costuma se informar sobre o que acontece nacidade que reside no brasil e no mundo
Durante a coleta de dados, pessoas de todos os gêneros, idades, escolaridade e região do país foram ouvidas, e foram tomadas como base para a percepção dos hábitos e preferências culturais. Muitas das pessoas abordadas são casadas e acreditam em algum tipo de religião, dentre as quais o catolicismo abrange 57%, e a religião evangélica, 28%. Como fonte de busca por informações acerca de sua região, do Brasil ou do mundo, a televisão destaca-se como o principal meio de acesso. Já com relação à utilização do aparelho celular, 87% dos entrevistados possuem pelo menos um celular e o utilizam principalmente para realizar ligações. Em seguida, destacam-se as demais funções, como mensagens de texto, acesso à internet, fotografias etc.

frequencia a atividades culturais
A pesquisa realizada pelo SESC ainda afirma que as pessoas estabelecem a influência de determinados gêneros na formação do seu gosto cultural de acordo com as características de cada região do país. Dos indivíduos abordados, 63% assistem somente à televisão aberta, e 28% assistem tanto a programação da televisão aberta como da TV fechada. Novelas, filmes e jornais figuram entre as preferências na programação dos entrevistados. Com relação aos filmes assistidos, 39% optam por filmes de aventura ou ação, 38% preferem comédias e 20% assistem romances. Apenas 2% assistem filmes com temática social ou musical. Acerca dos gêneros de teatro, 33% preferem comédia, ao passo que 28% não sabem ou nunca foram ao teatro. Exposições e manifestações culturais artísticas são menos procuradas pelo público. Dos indivíduos abordados, somente 14% vão a exposições de arte, 26% nunca foram e 26% não têm preferência por nenhum tipo de exposição. Dentre os gostos musicais, 40% apontam o sertanejo como ritmo favorito, enquanto em segundo lugar está ranqueada a MPB, com 23%. Já entre as danças, o forró é a favorita, com 22%, seguida pela dança de salão e o samba, com 11% cada um. Quando abordados a respeito da quantidade de livros lidos nos últimos 6 meses, o resultado não é dos mais animadores. Dos entrevistados, 58% não leram nenhum livro no período descrito, e, dentre os temas de preferência estão romance ou ficção, assim como a Bíblia e outros livros de cunho religioso.
Esta pesquisa realizada pelo SESC demonstra a carência de grande parte da população por mais projetos associados à cultura e que consigam inserir o cidadão nesse ambiente. Uma pessoa sem acesso à cultura corre o risco de se alienar em relação às questões acerca do ambiente no qual está inserida. Investir em educação é o primeiro passo, afinal, é preciso despertar o interesse para descobrir sobre si e sobre o ambiente em que se vive. Mais do que parte da identidade de uma nação, a cultura é essencial para que o próprio indivíduo construa a sua individualidade e exerça seu papel na sociedade.

EDITAIS FILANTROPIA PLATAFORMA ÊXITOS
11.149
Oportunidades Cadastradas
8.465
Modelos de Documentos
2.439
Concedentes que Repassam Recursos
Prazo
20 Fev
2019
II Festival Internacional de Teatro Sapucaia - FITS...
Prazo
19 Fev
2019
Prêmio Diogo de Vasconcelos 2018-2019
Prazo
30 Dez
2019
Wildlife Acoustics Scientific Product Grant
Prazo
22 Jul
2019
Fruit Attraction 2019
Prazo
26 Ago
2019
Israfood 2019
Prazo
4 Jun
2019
WorldFood Istanbul 2019
Prazo
28 Mar
2019
THAIFEX - World Food Asia 2019
Prazo
28 Fev
2019
ECHANGEUR22 - Residência Arte Contemporânea
Prazo
13 Mai
2019
Fund for Investigative Journalism’s
Prazo
15 Mar
2019
Apoio a Projetos – Brumadinho e Região
Prazo
22 Fev
2019
Next Step - Programa de Estágio do Google
Prazo
28 Fev
2019
FAPESP-CONFAP-JPI Oceans 2018
Prazo
28 Fev
2019
Prêmio ABC 2019
Prazo
1 Mar
2019
FAPESP - Pesquisa para o SUS - gestão compartilhada...
Prazo
13 Mar
2019
Women as agents of change in the Americas
Prazo
31 Mar
2019
World of Difference Awards 2019
Prazo
12 Abr
2019
FAPESP - University of Birmingham e University of Nottingham...
Prazo
12 Abr
2019
Escola de verão sobre economias latino-americanas
Prazo
30 Abr
2019
Prize on Education for Sustainable Development - ESD...
Prazo
31 Mai
2019
UN Young Champion of the Earth
Prazo
31 Dez
2019
Project Grants
Prazo
24 Fev
2019
4ºEdição do Prêmio Literário UCCLA - Novos Talentos,...
Prazo
28 Fev
2019
Prêmio de Inovação para Alimentação e Agricultura...
Prazo
10 Mar
2019
Scholarships 2019
Prazo
28 Fev
2019
5ª Mostra Pajeú de Cinema
Prazo
10 Mar
2019
The Next Generation 2019
Prazo
29 Abr
2019
Chamada de Propostas SPRINT - Edição 1-2019
Prazo
31 Mai
2019
Prêmio Mercosul - 2018
Prazo
Contínuo
Chamada Pública BRDE/FSA – Coprodução InternacionaL...
Prazo
28 Fev
2019
Seleção de projetos de Patrimônio Cultural – Segurança...
Prazo
17 Mar
2019
Semana Nacional de Museus
Prazo
31 Mai
2019
Selo Agro + Integridade 2019-2020
Prazo
18 Fev
2019
Call for Proposals Brazil 2019
Prazo
7 Mar
2019
Curso de Desarrollo de Proyectos Cinematográficos...
Prazo
Contínuo
Bolsa de Pesquisa no Exterior - BPE
Prazo
Contínuo
Patrocínio Net Claro Embratel
Prazo
4 Mar
2019
Empreendedorismo Social 2019
Prazo
Contínuo
Seleção de Projetos de Incentivo à Cultura - Lei...
Prazo
Contínuo
Seleção de Projetos de Incentivo ao Esporte - Lei...
Prazo
Contínuo
Bolsa de Pós-Doutorado
Prazo
18 Fev
2019
Liderando desde el Sur
Prazo
22 Fev
2019
Apoio à produção de inventários de Avaliação...
Prazo
28 Fev
2019
Jamnalal Bajaj International Award
Prazo
2 Mar
2019
Edital – Onde foi que eu errei?
Prazo
2 Mar
2019
Edital – Quebrando o silêncio
Prazo
8 Mar
2019
Photography Competition - 2019
Prazo
13 Mar
2019
CNPq - Gerência Regional de Brasília - FIOCRUZ
Prazo
30 Abr
2019
Premio Por La Paz
Prazo
3 Mai
2019
Design Competition - 2019
Prazo
3 Mai
2019
Advertising Competition - 2019
Prazo
6 Mai
2019
Programa de Paisagens Produtivas Ecossociais
Prazo
1 Out
2019
LGBTI Projects Funding
Prazo
1 Mar
2019
30º Concurso Literário Internacional de Poesias,...
Prazo
1 Mar
2019
Internet Freedom Fund
Prazo
30 Jun
2019
Maypole Fund - Women to Proactively Challenge Patriarchy
Prazo
9 Out
2019
Making the Case for Nature
Prazo
9 Out
2019
Recovery of Species on the Brink of Extinction
Prazo
9 Out
2019
Conservation Technologies
Prazo
9 Out
2019
Participatory Science
Prazo
9 Out
2019
Reducing Marine Plastic Pollution
Prazo
9 Out
2019
Documenting Human Migrations
Prazo
Contínuo
Chamamento de Projetos Jornalísticos Sobre Florestas...
Prazo
Contínuo
FAPESP - Bolsa de Iniciação Científica
Prazo
Contínuo
FAPESP - Jovens Pesquisadores em Centros Emergentes
Prazo
Contínuo
FAPESP - Políticas Públicas
Prazo
Contínuo
Bolsas do Programa de Capacitação Técnica
Prazo
Contínuo
FAPESP - Bolsa de Doutorado
Prazo
Contínuo
RESOLUÇÃO Nº 191, de 21 de Dezembro de 2018
Prazo
19 Fev
2019
Edital: Combatendo o Trabalho Infantil na Indústria...
Prazo
28 Fev
2019
Edital: 70 Anos da Declaração Universal dos Direitos...
Prazo
16 Abr
2019
International Master’s Fellowships
Prazo
21 Fev
2019
4° Edital Instituto CCR de Projetos Culturais
Prazo
28 Fev
2019
Boas Práticas, Histórias de Sucesso e Lições Aprendidas...
Prazo
15 Mar
2019
Edital IberEntrelaçando Experiências
Prazo
5 Mar
2019
1st UNWTO Gastronomy Tourism Start-up Competition -...
Prazo
Contínuo
Projetos - Globosat
Prazo
29 Mar
2019
The Diana Award 2018
Prazo
21 Fev
2019
Concurso de curtas audiovisuais – 2018 - “Comunidades...
Prazo
Contínuo
Estabelecimento de Parcerias para Coedições de Livros...
Prazo
Contínuo
Leia para uma criança
Prazo
19 Fev
2019
Programa de Apoio à Realização de Eventos Científicos...
Prazo
Contínuo
Programa de Desenvolvimento Científico Regional –...
Prazo
Contínuo
Política de Patrocínios da CEMIG
Prazo
30 Jun
2019
Chamada Pública Bilateral FINEP-CDTI para projetos...
Prazo
21 Mar
2019
Seleção de Projetos Esportivos - Lei de Incentivo
Prazo
Contínuo
Revista Científica de Direitos Humanos - Submissão...
Prazo
21 Set
2019
Crédito De Pesquisa Para Comitês Técnico-Científicos
Prazo
Contínuo
Chamada Pública ANCINE-FSA - Coinvestimentos Regionais
Prazo
Contínuo
Filiação ao Departamento de Informação Pública...

PARCEIROS VER TODOS