Uma homenagem a João de Deus

Por: Conselho Editorial
01 Março 2005 - 00h00
Já estávamos com a edição fechada e no prelo, quando veio a esperada e dolorosa notícia da morte do Papa João  Paulo II. Não hesitamos em parar as máquinas e prestar homenagem a Karol Josef Wojtyla, carinhosamente chamado pelos brasileiros de João de Deus.

Após quase 27 anos de pontificado, Karol marcou a história da Igreja Católica não só pelo terceiro maior mandato, mas por tomar atitudes grandiosas entre raças e povos. Com sorriso cativante e olhar sereno, capaz de sensibilizar o mais frio dos fiéis, João Paulo II foi o primeiro papa a entrar em uma mesquita e a falar com um líder ortodoxo, rogando a harmonia entre os povos. Foi também o primeiro pontífice a pisar em solo cubano.

Esses são apenas alguns exemplos de como Karol Wojtyla, um operário polonês que gostava de encenar peças de teatro, cativava católicos e não-católicos com seus gestos de fraternidade e simplicidade. Determinação e proficiência foram combustíveis essenciais para sua eterna militância pela paz mundial e pelos direitos humanos, sempre lutando contra injustiças sociais, guerras e o próprio comunismo.

De Wadonice, na Polônia, para o Vaticano, capital da Igreja Católica, João Paulo II percorreu 1,2 milhão de quilômetros, visitando 125 países. Foi também o papa que mais canonizou – 482 pessoas transformaram-se em santos durante seu pontificado.

No Vaticano, às 21h37 do último dia 2 de abril, João Paulo II deu seu último suspiro. Olhando para a janela que dava para a multidão de fiéis em vigília na Praça São Pedro, o Santo Padre levantou a mão, como quem desse a última benção, e ainda resgatou força para pronunciar um “até logo”: Amém!

Um bilhão de católicos espalhados pelo mundo esperam agora o Conclave – a reunião dos cardeais antes da escolha de um novo papa. Entre eles há três brasileiros, que terão direito ao voto. Além disso, um de nossos representantes está bem cotado a vencer a eleição: Cláudio Hummes, arcebispo metropolitano de São Paulo.

Sendo brasileiro ou de qualquer outra nacionalidade, conclamemos que o próximo pontífice ajude a humanidade, católica ou não, a ver um mundo mais digno e com menos diferenças sociais.

Que o ritual da queima de votos dos cardeais traga em sua fumaça branca um sinal de esperança, e que esta saia do Vaticano e espalhe paz pelos ares do mundo todo.
EDITAIS FILANTROPIA PLATAFORMA ÊXITOS
19.064
Oportunidades Cadastradas
9.597
Modelos de Documentos
3.404
Concedentes que Repassam Recursos
Prazo
30 Jun
2020
Linha emergencial de crédito Conexsus
Prazo
Patrocínio BS2
Prazo
31 Jul
2020
GlobalGiving Accelerator - Virtual Training Program...
Prazo
30 Nov
2020
Stop Slavery Award 2021
Prazo
31 Jul
2020
AEB - Chamamento Público para lançamentos a partir...
Prazo
4 Set
2020
Ideias para o Futuro
Prazo
Matchfunding Enfrente o Corona
Prazo
1 Ago
2020
Todos os olhos na Amazônia
Prazo
1 Ago
2020
The IFREE Small Grants Program
Prazo
31 Dez
2020
Patrocínios e Doações - Instituto Usiminas

PARCEIROS VER TODOS