Lixões A Céu Aberto Ainda Funcionam Em Mais Da Metade Dos Municípios Brasileiros

Por:
19 Janeiro 2017 - 13h57

De acordo com a Lei n.º 12.305/2010, que estabelece a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), todos os municípios brasileiros deveriam acabar com seus lixões até 2014. Contudo, isso não aconteceu. De prorrogação em prorrogação, agora o prazo final é 31 de julho de 2018 para municípios da região metropolitana e 2019 para municípios de fronteira e os que contam com mais de 100 mil habitantes (com base no censo de 2010). Já as cidades que têm entre 50 e 100 mil habitantes terão de resolver essa questão até 31 de julho de 2020. Os municípios menores, com menos de 50 mil habitantes, devem estar de acordo com a lei até 31 de julho de 2021. Segundo levantamento do Ministério do Meio Ambiente realizado em 2015, apenas 2.215 municípios (40%) contam com aterro sanitário, enquanto 3.346 (60%) ainda continuam descartando seus resíduos sólidos em lixões. Estima-se que um aterro de pequeno porte receba diariamente até 100 toneladas de lixo; aterros de médio porte, cerca de 800 toneladas por dia; e os maiores chegam a receber mais de duas mil toneladas de resíduos sólidos por dia. Entre os principais impactos ambientais provocados pelos lixões estão a contaminação do solo e dos lençóis freáticos pelo chorume e a poluição do ar pelo biogás, formado pela combinação de gás carbônico (CO2) com metano e vapor-d'água.

www.crbio01.gov.br

 

Tudo o que você precisa saber sobre Terceiro setor a UM CLIQUE de distância!

Imagine como seria maravilhoso acessar uma infinidade de informações e capacitações - SUPER ATUALIZADAS - com TUDO - eu disse TUDO! - o que você precisa saber para melhorar a gestão da sua ONG?

Imaginou? Então... esse cenário já é realidade na Rede Filantropia. Aqui você encontra materiais sobre:

Contabilidade

(certificações, prestação de contas, atendimento às normas contábeis, dentre outros)

Legislação

(remuneração de dirigentes, imunidade tributária, revisão estatutária, dentre outros)

Captação de Recursos

(principais fontes, ferramentas possíveis, geração de renda própria, dentre outros)

Voluntariado

(Gestão de voluntários, programas de voluntariado empresarial, dentre outros)

Tecnologia

(Softwares de gestão, CRM, armazenamento em nuvem, captação de recursos via internet, redes sociais, dentre outros)

RH

(Legislação trabalhista, formas de contratação em ONGs etc.)

E muito mais! Pois é... a Rede Filantropia tem tudo isso pra você, no plano de adesão PRATA!

E COMO FUNCIONA?

Isso tudo fica disponível pra você nos seguintes formatos:

  • Mais de 100 horas de videoaulas exclusivas gratuitas (faça seu login e acesse quando quiser)
  • Todo o conteúdo da Revista Filantropia enviado no formato digital, e com acesso completo no site da Rede Filantropia
  • Conteúdo on-line sem limites de acesso no www.filantropia.ong
  • Acesso a ambiente exclusivo para download de e-books e outros materiais
  • Participação mensal e gratuita nos eventos Filantropia Responde, sessões virtuais de perguntas e respostas sobre temas de gestão
  • Listagem de editais atualizada diariamente
  • Descontos especiais no FIFE (Fórum Interamericano de Filantropia Estratégica) e em eventos parceiros (Festival ABCR e Congresso Brasileiro do Terceiro Setor)

Saiba mais e faça parte da principal rede do Terceiro Setor do Brasil:

Acesse: filantropia.ong/beneficios

PARCEIROS VER TODOS