Gerando relações sustentáveis

Por: Marcio Zeppelini, Thaís Iannarelli
07 Outubro 2015 - 12h11

Atualmente, nada mais nada menos do que 7 bilhões de pessoas convivem no Planeta Terra – usufruindo (e explorando) seus recursos naturais, competindo por seus espaços e adaptando-se às mudanças culturais e ambientais. Para que nossa conexão com o planeta e com os outros seres humanos possa ter menos impacto negativo, não há outro caminho a não ser buscarmos relações sustentáveis em todas as esferas.

A desigualdade social e econômica que se vê no Brasil e em outras regiões do mundo é muito gritante – de acordo com o dito português, infelizmente faz parte da nossa realidade vermos ‘uns com tanto, e outros com tão pouco’; enquanto uns acumulam riquezas, outros lutam pela sobrevivência.

Por outro lado, é também neste cenário que temos visto iniciativas que procuram agregar o valor econômico da produção à tão buscada sustentabilidade das relações humanas: são os negócios sociais, ou empresas sociais, que não visam somente o lucro, mas procuram ampliar o impacto positivo da sua atuação ao atingir mais beneficiados, ao zelar pela cadeia produtiva e ao selecionar seus fornecedores, entre outras ações.

Este modelo relativamente novo de negócio nasceu com Muhammad Yunus, fundador do Grameen Bank e outras 50 empresas em Bangladesh. Em 1976, ele começou a fazer empréstimos pequenos a pessoas pobres, sem exigir as garantias de um banco tradicional – e o resultado percebido foi o empoderamento econômico.

Para ele, a ideia é a de que os seres humanos querem se sentir úteis, e as empresas podem beneficiar pessoas sem necessariamente fazer filantropia, mas maximizando o impacto social de sua atividade econômica. E, para nós, a ideia da sustentabilidade no Terceiro Setor se aproxima de iniciativas como esta: são relações benéficas para todos os envolvidos, cuja premissa deve ser a boa gestão e a transparência.

A tendência hoje, em qualquer setor da sociedade, é o trabalho em redes e a atuação colaborativa – unindo forças para atingir objetivos em prol de alguma causa em comum. É a união que faz a força, e os elos construídos entre as instituições e pessoas são fortes aliados para a construção de uma sociedade mais fortalecida. Saiba mais sobre os negócios sociais nesta edição da Revista Filantropia.

Boa leitura!

 

Tudo o que você precisa saber sobre Terceiro setor a UM CLIQUE de distância!

Imagine como seria maravilhoso acessar uma infinidade de informações e capacitações - SUPER ATUALIZADAS - com TUDO - eu disse TUDO! - o que você precisa saber para melhorar a gestão da sua ONG?

Imaginou? Então... esse cenário já é realidade na Rede Filantropia. Aqui você encontra materiais sobre:

Contabilidade

(certificações, prestação de contas, atendimento às normas contábeis, dentre outros)

Legislação

(remuneração de dirigentes, imunidade tributária, revisão estatutária, dentre outros)

Captação de Recursos

(principais fontes, ferramentas possíveis, geração de renda própria, dentre outros)

Voluntariado

(Gestão de voluntários, programas de voluntariado empresarial, dentre outros)

Tecnologia

(Softwares de gestão, CRM, armazenamento em nuvem, captação de recursos via internet, redes sociais, dentre outros)

RH

(Legislação trabalhista, formas de contratação em ONGs etc.)

E muito mais! Pois é... a Rede Filantropia tem tudo isso pra você, no plano de adesão PRATA!

E COMO FUNCIONA?

Isso tudo fica disponível pra você nos seguintes formatos:

  • Mais de 100 horas de videoaulas exclusivas gratuitas (faça seu login e acesse quando quiser)
  • Todo o conteúdo da Revista Filantropia enviado no formato digital, e com acesso completo no site da Rede Filantropia
  • Conteúdo on-line sem limites de acesso no www.filantropia.ong
  • Acesso a ambiente exclusivo para download de e-books e outros materiais
  • Participação mensal e gratuita nos eventos Filantropia Responde, sessões virtuais de perguntas e respostas sobre temas de gestão
  • Listagem de editais atualizada diariamente
  • Descontos especiais no FIFE (Fórum Interamericano de Filantropia Estratégica) e em eventos parceiros (Festival ABCR e Congresso Brasileiro do Terceiro Setor)

Saiba mais e faça parte da principal rede do Terceiro Setor do Brasil:

Acesse: filantropia.ong/beneficios

PARCEIROS VER TODOS