Criança Esperança abre inscrições de projetos para 2018

Muitas vezes, ouve-se falar que as crianças e jovens de hoje são o futuro do amanhã. Mas o que está sendo feito agora para gerar melhores condições e qualidade de vida para essa parte da população? Com o objetivo de apoiar iniciativas que promovam a educação, o desenvolvimento humano, a inclusão social e o empoderamento da população infantojuvenil, o Criança Esperança 2018 abre inscrições para seleção de projetos.

A iniciativa, realizada anualmente desde 1986 a partir da parceria entre TV Globo e UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura), chega à sua 33ª edição. Até agora, foram mais de 5 mil projetos sociais apoiados com mais de R$ 350 milhões em doações. Um dos pontos que explica o sucesso do Criança Esperança é o fato de ser reconhecido pela ONU (Organização das Nações Unidas) como um modelo internacional, o que traz mais credibilidade ao programa. Até hoje, mais de 4 milhões de crianças e jovens brasileiros foram beneficiados pelo programa.

Seleção

Para concorrer, as organizações sem fins lucrativos, com pelo menos três anos de atuação, devem desenvolver projetos nas áreas de educação, inclusão e cidadania, arte e cultura, esportes e juventude, ajudando na superação da pobreza, da vulnerabilidade e do risco social enfrentados pelos participantes da iniciativa, principalmente de grupos que envolvam pessoas em situação de rua, com deficiência, público do gênero feminino ou pertencentes a minorias sociais (indígenas, migrantes, afrodescendentes, quilombolas etc.).

Entre alguns exemplos de iniciativas que podem concorrer ao financiamento estão: atividades que envolvam educação preventiva para HIV/Aids; educação para o desenvolvimento sustentável e preservação do meio ambiente; estímulo à conclusão do Ensino Médio e/ou preparação de jovens para o ingresso no Ensino Técnico, na educação profissional ou superior; preparação para o mundo do trabalho, empreendedorismo, cooperativismo e protagonismo juvenil e projetos de apoio a coletivos juvenis; incentivo ao desenvolvimento da ciência; promoção do acesso à comunicação, à informação e ao conhecimento; prevenção da violência e promoção da cultura de paz, entre outros.

A seleção das iniciativas fica a cargo do Setor de Ciências Humanas e Sociais da Representação da UNESCO no Brasil. A comissão julgadora irá considerar inovação, replicabilidade, sustentabilidade, legitimidade, impacto e eficácia e proposta metodológica para selecionar as propostas. Na chamada de projetos em 2017, uma novidade foi o fato dos 85 projetos selecionados estarem alinhados aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) estabelecidos pela ONU. Segundo Beatriz, esse alinhamento entre as propostas e os ODS continua em 2018.

O apoio tem duração de 12 meses e vai de R$ 60 mil a R$ 300 mil. O aporte destinado a cada organização dependerá de suas ações e a necessidade de orçamento de cada uma. Caso a iniciativa tenha outras fontes de financiamento, como uma mantenedora, a informação deve constar no formulário de inscrição. Contar com outros financiadores é um ponto que favorece o critério de sustentabilidade do projeto.

Inscrições

Iniciativas que respondem a todos os critérios de seleção podem realizar o cadastro no site do Criança Esperança até o dia 16 de outubro. O próximo passo é imprimir o formulário gerado a partir da inscrição e encaminhá-lo, via correio, para a UNESCO, em Brasília, juntamente com documentação solicitada (O item 9 do edital, disponível neste link, traz a lista completa de documentos comprobatórios). Vale ressaltar que projetos que chegarem ao Distrito Federal depois de 16 de outubro, mas que foram postados até essa data serão considerados.

O resultado da chamada de projetos será apresentado em abril de 2018, com a lista das organizações selecionadas divulgada no site do Criança Esperança e da UNESCO.

Caso os proponentes tenham questionamentos não respondidos na seção “Dúvidas frequentes”, podem encaminhá-los para o endereço criancaesperanca@unesco.org.br.

Fonte: Gife

PARCEIROS VER TODOS