Tecnologia, Gestão e Inovação nas Organizações do Terceiro Setor

Por: Instituto Filantropia
20 Outubro 2012 - 13h49

O Terceiro Setor é uma das molas propulsoras do desenvolvimento social. Muitas organizações da sociedade civil enfrentam uma crônica falta de recursos humanos e financeiros e, desta forma, encaram dificuldades que afetam a realização de seus projetos. Um desses empecilhos é a falta de recurso tecnológico para as organizações. Nos dias de hoje, existem projetos que necessitam de ferramentas de tecnologia para serem realizados. Ocorre que a tecnologia muitas vezes é levada para o “banco de trás“ para que questões mais urgentes sejam consideradas.
Com relação à Tecnologia da Informação (TI), os principais obstáculos e desafios para a sua utilização nas organizações vêm da falta de experiência, falta de profissionais na área, questões de privacidade e preocupações com a segurança, além da percepção errônea de que o custo é elevado. Em suma, existe grande dificuldade para que as organizações do Terceiro Setor se apropriem de maneira adequada da TI. As organizações devem conhecer, entender e gerenciar seus processos internos, que se tornam muito mais eficientes se aplicados juntamente com a TI. Sendo assim, as organizações podem desenvolver-se de maneira muito mais rápida e melhor.
Alguns requisitos importantes para o desenvolvimento da organização, como gestão, inovação e comunicação, devem ser devidamente compreendidos. Administrar uma instituição é um desafio muito grande. É preciso saber cuidar da gestão de uma organização que não visa lucro, e sim efetua a reutilização dos investimentos ou doações obtidos. A implantação da gestão deve ser somada à necessidade de entender que a TI pode ser uma grande aliada para obter a plenitude dos resultados de uma organização sem fins lucrativos.
Planejar o uso da tecnologia é muito importante, e as organizações precisam saber: quais produtos devem usar para tal tarefa, quando devem usar, para que usar, onde e como adquirir e, finalmente, de quem. Em resumo, fazer um planejamento de tecnologia. Faz parte da administração de uma organização o comprometimento com a sua identidade organizacional. Uma missão esclarecedora dará direção e significado às organizações. A visão estabelecerá aonde se quer chegar em determinado tempo, e os valores são apresentados para garantir os princípios éticos e morais. Através dessas atividades, os objetivos, metas, recursos e divisões de tarefas podem ser estabelecidos. Esse é o planejamento estratégico que qualquer negócio (seja governamental, privado ou social) deve criar.
O planejamento juntará a identidade organizacional para criar estratégias dentro dos princípios e valores da organização. Faz parte de uma técnica administrativa para ordenar as ideias, permitindo criar uma visão do caminho que a organização deve seguir.
A inovação é um processo normalmente tido como caro. Porém, apenas o fato de pesquisar mais e procurar conhecer melhor a TI já faz parte do processo de inovação. Pensar sempre em fazer melhor também é parte do contexto de inovação. As organizações não precisam utilizar tecnologias atuais e complexas; podem utilizar tecnologias simples e existentes. É preciso identificar as necessidades, extrair as ideias internas e engajar a organização no projeto e na apropriação dela. Além de aumentar a visibilidade e a eficiência, a tecnologia gera comunicação entre os parceiros, clientes e patrocinadores. Melhora a qualidade dos serviços prestados, permite a expansão em novas áreas e propicia a redução de custos na prestação de serviços.
Chegamos a uma questão: se a TI é tão importante, por que as organizações sem fins lucrativos não aproveitam? As instituições reconhecem que a carência de recursos financeiros é o principal fator que impossibilita o uso de melhores TI. Elas, ainda, possuem dificuldade para entender o que necessitam, quais ferramentas são mais efetivas, ou não sabem como conseguir o que precisam. Muitas vezes movidas por trabalhos voluntários, não há completa linearidade nos projetos.
Em pesquisa realizada recentemente com cerca de cem organizações que receberam doação de licença de software (através do Programa TechSoup Brasil), foi possível perceber o impacto da Tecnologia da Informação nas organizações sem fins lucrativos. Confira a tabela abaixo:

Existem alguns fatores que influenciam o impacto na missão das organizações. A gestão é grande fator que deve ser colocado junto à tecnologia para que haja um impacto positivo. Conforme o gráfico abaixo, percebemos que as organizações melhoraram seus serviços e produtos graças à implantação de novas tecnologias. Um dado que podemos ressaltar é o fato de que as organizações não têm muita preocupação em relação à legalização do software, mas é importante que as organizações não se voltem para a prática do uso ilegal. Além de prejudicar seus princípios e sua credibilidade, tal fato gera uma ameaça ao armazenamento de dados. Ao usar softwares ilegais, as organizações passam a ser parte do problema, e não da solução.
Muitas organizações ainda não sabem como a TI pode auxiliar em suas atividades. No entanto, as que utilizam já percebem o quanto a tecnologia pode suprir suas necessidades e aumentar sua produtividade e eficiência. Com um trabalho mais eficaz, as atividades e serviços são concluídos com maior êxito.
Por fim, é preciso ter em mente que a tecnologia está sempre a serviço dos negócios e de seus desenvolvimentos. Administrar uma organização é uma tarefa que pode estar intimamente ligada à tecnologia. Nos últimos tempos, houve um forte crescimento no volume de dados e informações que recebemos. Mas não basta conseguir reter essas informações; é preciso saber acessá-las e usá-las adequadamente. Além disso, a tecnologia possibilita que a rotina e o fluxo de processos da organização sejam estabilizados. As organizações não dão um foco necessário para a gestão e gerenciamento de processos. A TI também acompanha a dinâmica da gestão, possibilita eficiência no acesso às informações necessárias e às práticas da organização. Em suma, a gestão é a chave do sucesso das organizações do Terceiro Setor, e para realizar uma boa gestão é necessário conhecer os processos internos.

1

2

3

EDITAIS FILANTROPIA PLATAFORMA ÊXITOS
20.245
Oportunidades Cadastradas
9.597
Modelos de Documentos
3.592
Concedentes que Repassam Recursos
Prazo
31 Dez
2020
Patrocínios e Doações - Instituto Usiminas
Prazo
Matchfunding Enfrente o Corona
Prazo
31 Dez
2020
IberCultura Viva 2020
Prazo
30 Nov
2020
Stop Slavery Award 2021
Prazo
Patrocínio BS2
Prazo
Paranapanema - Doações e Patrocínios
Prazo
Aceleradora P&G Social
Prazo
20 Set
2020
Edital de Patrocínio - Banco da Amazônia
Prazo
2 Out
2020
Arte em Toda Parte
Prazo
20 Set
2020
Prêmio 99 de Jornalismo

PARCEIROS VER TODOS