Brasileiros na Austrália arrecadam alimentos para brasileiros carentes

7788-email

Morando em Sidney (Austrália) há 15 anos, a terapeuta paulista Emilie da Silva Stradtford, 41, criou o projeto #lembradecasa, e já conseguiu arrecadar mais de R$ 100 mil para a compra de cestas básicas, destinadas a famílias carentes no Brasil. "Eu escolhi sair do Brasil, mas sou grata às minhas raízes", diz.

A brasileira tomou a decisão de criar o projeto depois que seu pai adoeceu durante a pandemia. A proposta é convidar expatriados a ajudarem a mudar o cenário da fome no Brasil, e tomou forma quando a terapeuta se deparou com os dados divulgados pelo IBGE sobre a fome no país – 10,3 milhões de brasileiros vivem em situação de insegurança alimentar grave.

Propondo a arrecadação de verba para a compra de mil cestas básicas, o projeto #lembradecasa foi lançado em novembro via plataforma de crowdfunding.

Para a escolha das ONGs, a organização selecionou projetos em três dos quatro estados em que a fome é mais crítica, segundo os dados do IBGE – São Paulo, Bahia e Maranhão.

As cestas foram distribuídas entre os projetos de forma proporcional ao mapa da fome do IBGE e contemplaram cinco instituições: Projeto Bantu, de Vera Cruz (BA), Comunidade Paulista, de Paratinga (BA), Projeto Mandingueiros do Amanhã, de São Luís (MA), Projeto Estrela do Natal, de Guaianases (SP) e as comunidades assistidas pela equipe do Padre Julio Lancellotti, de São Paulo (SP).

Fonte: UOL
Imagem: #lembradecasa

 

Gostou dessa notícia? Acompanhe outras boas ações em:

➡️ www.instagram.com/euamofilantropia/

➡️ www.facebook.com/groups/euamofilantropia

#terceirosetor #filantropia #voluntariado #solidariedade #redefilantropia #diadedoar #facasuadoacao #facasuadoacao #euamofilantropia #facasuadoacao #ongs #euamofilantropia

PARCEIROS VER TODOS