Quanto "dói" o seu sucesso?

Por: Marcio Zeppelini
05 Outubro 2014 - 18h48

Quanto di o seu sucesso

O fósforo e a vela

Certo dia o fósforo disse para a vela:

- Minha missão é te acender.

- Ah, não, disse a vela. Tu não vês que se me acendes meus dias estarão contados. Não faz uma maldade dessa não.

- Então queres permanecer toda a tua vida assim dura, fria, sem nunca ter brilhado, perguntou o fósforo.

- Mas ter que me queimar. Isso dói. Consome as minhas forças, murmurou a vela.

- Tens toda razão, respondeu o fósforo, esse é precisamente o mistério de tua vida. Tu e eu fomos feitos para ser luz. O que eu, como fósforo, posso fazer é muito pouco. Mas se passo a minha chama para ti, cumprirei com o sentido de minha vida. Eu fui feito justamente para isso: para começar o fogo. Tu és vela. Tua missão é brilhar. Toda tua dor, tua energia se transformará em luz e calor.

Ouvindo isso a vela olhou para o fósforo que já se estava apagando e disse:

- Por favor, acende-me.

Tudo que vale a pena é difícil

Diz o ditado: "dinheiro fácil, desconfie!". E não é só o dinheiro fácil que não vale a pena. Um amor fácil, um trabalho fácil, uma vida fácil não tem o menor sentido. A "dor" aí não é aquela melancólica, mas aquela que te desafia, te expõe ao limite e, ao superá-la, você respira aliviado dizendo de peito cheio: "eu consegui!"

Então, veja que as dificuldades do dia a dia - seja em seu casamento, em sua trajetória profissional ou mesmo suas dificuldades financeiras - são, na verdade, alicerces para o futuro. O importante é ter a certeza de que você está no caminho certo e, assim, toda o esforço valerá a pena.

Que você e sua famíla tenham um final de semana iluminado!

Abraços sustentáveis,

PARCEIROS VER TODOS