Você gostaria de voltar a ser jovem?

Por: Marcio Zeppelini
30 Outubro 2016 - 15h12

moinho-magico

O Moinho Mágico

Diz a lenda que havia um moinho mágico. Homens e mulheres velhos eram jogados dentro do moinho, amassados e envergados, já sem cabelos ou dentes e, depois de duas voltas no moinho… plim! Na parte de baixo, saíam belos e 50 anos mais jovens.

Uma mulher estava diante do moinho.

- Quero me tornar jovem outra vez - disse ao porteiro do moinho.
- E qual é o seu nome? - perguntou o homem, tranquilamente pitando seu cigarro.
- Violeta - foi a resposta.
- Sente-se aqui neste banco, então, Sra. Violeta - o homem entrou no moinho e, abrindo um espesso livro, retornou com uma longa tira de papel.
- Isso é a conta? - indagou a velha.
- Oh não! - respondeu o porteiro. - Não cobramos nada aqui. Apenas assine seu nome neste papel.
- E por que tenho de fazer isso? - perguntou a mulher.
O homem sorriu e respondeu:

- Esta é a lista de todas as besteiras e erros que você cometeu dos seus 15 anos até hoje. Antes de se tornar jovem de novo, tem que prometer que vai cometer todos os erros novamente, na mesma ordem em que foram cometidos… E olha que a lista é longa… em especial, depois dos seus 30!

A velha suspirou e disse:

- É… eu sei! Não poderíamos eliminar algumas coisas? - apelou a mulher, com um tapinha nas costas do homem.

- Não, não! - respondeu o homem. - Não nos é permitido eliminar coisa alguma. A regra é tudo ou nada!

- Pois então muito bem, não quero nada com seu velho moinho - disse a mulher enquanto se retirava. -  Não creio que valha a pena recuperar a juventude a tal preço.

E assim, o Moinho continuou sem ser testado uma única vez!


Adaptação do livro: O Livro das Virtudes II (Bennett WJ)


Curta seu momento!

Não importa a idade que tenha, sempre passará pela sua cabeça: “se eu voltasse 10 anos, faria isso ou aquilo diferente”.

Mas a vida é uma via de mão única. Caminhamos num sentido só, sem direito a retorno, sem direito a aumentar a velocidade nem mesmo dar ré.

Qual é a importância de ser jovem outra vez? Sem fazer muito esforço, podemos deixar a vida mais velha ser tão bela quanto a juventude.

Ah sim… mas você cometeu besteiras ou fez escolhas erradas no passado? Te alivia se eu disser que você não está sozinho, e que todos nós precisamos passar por isso?

Nossa vida é como uma escultura. Nascemos “pedra bruta” e, aos poucos, vamos lapidando e escolhendo a forma que queremos dar a ela. Cometemos erros e calculamos errado. Batemos o  martelo forte demais algumas vezes e, outras, insistimos com uma ferramenta errada. Certo dia, percebemos uma falha geológica na “pedra” que nos impede de seguir o caminho que gostaríamos - em outras vezes, encontramos, encrustada na rocha, uma pedra preciosa.

Olhe para trás e encare os erros do passado como transformações necessárias para você ter se tornado o que é hoje. Foram “metamorfoses” necessárias para você evoluir - o que, provavelmente, ainda não é um processo totalmente concluído.

Você pode encontrar sua felicidade na sua idade. Para isso, pare de olhar para trás com melancolia. Veja o seu passado como sua construção, sendo que cada peça foi importante para seu crescimento.

Olhe para frente e imagine em que lugar quer chegar. Veja quais são os caminhos que você precisa tomar HOJE para chegar nesse destino.

Abraços sustentáveis, beijos sem olhar para trás!
Marcio Zeppelini

 

A vida é uma via de mão única, sem direito a dar ré.
Marcio Zeppelini

PARCEIROS VER TODOS