Como você se imagina em seu sonho?

Por: Marcio Zeppelini
27 Outubro 2017 - 21h27

377

O anjo casamenteiro

Cansada de rezar a Santo Antônio, a jovem balzaquiana quebrou a imagem de gesso e apelou para outro protetor. Chamou para uma séria conversa o seu anjo da guarda e deu-lhe um ultimato: estipulou um prazo para conhecer o futuro marido: o último dia de maio.

Sucederam-se os dias - ela ia conhecendo pessoas no trabalho, no clube, nas lidas diárias. A cada encontro, casual que fosse, perguntava-se: será este? - e pedia ao anjo um sinal, que tardava.

Chegado o último dia de maio, eis  que na sua sala está o vizinho, velho conhecido de infância, a pedir emprestado o jornal. O anjo atendera enfim às suas preces. Era ele!

Claro que, antes de ser marido, deveria ser namorado, e como fosse ele seu namorado (embora ele ainda não o soubesse), ela corou, fez-se tímida, sorriu o mais encantador dos sorrisos e desmanchou-se em gentilezas - café, biscoitos, música...

E como fosse ele seu namorado (embora ele ainda não o soubesse), ela o convidou para o almoço de domingo e decorou a casa com flores e deixou o baralho bem à vista, um convite para prolongarem a tarde preguiçosa ...

E como fosse ele seu marido (embora ele ainda não o soubesse), ela confiou nele, confidenciou-lhe as ideias mais secretas, contou-lhe seus sonhos.

E como fosse ele seu marido (embora futuro, e embora ele ainda não o soubesse), ela abandonou-se mulher, como um fruto maduro de outono a ofertar a polpa saborosa e nutritiva.

Ele a colheu tão naturalmente que ela nem percebeu em que momento exato a vida penetrou em suas entranhas, demoliu seus pré-conceitos e lançou-a em chamas em seus braços acolhedores de homem.

E não que ela quisesse fazer-se de moderna, contrariar os rígidos princípios de sua educação católica ou mudar o seu comportamento, porque, afinal, nos dias de hoje etc... - é que, como fosse ele seu marido (embora futuro e embora ele ainda não o soubesse), ela despetalou-se, flor, e esparramou-se em ondas sobre o leito.

E o milagre aconteceu.

E hoje, sendo ele de fato de papel passado o seu marido bem amado, uns olhos de feiticeira piscam para ela com malícia do outro lado do espelho e lhe confessam, despudorados, que o anjo da guarda não teve nada a ver com a história.

Extraído do livro: Dias de Verão (Rodrigues S)


Visualize seus sonhos!

Uma das ferramentas mais difundidas na PNL - Programação Neurolinguística - é a de que nosso cérebro necessita de detalhes de um fato para absorver melhor uma mensagem. Esses detalhes, quando vêm em formato de cores, cheiros ou sons, deixam de ser uma informação fria, incolor e insossa. Ganham magia e emoção. E quando temos emoção envolvida, saímos da PNL e passamos para um campo científico, o da neurociência e seus efeitos biológicos sobre nosso corpo.

Quando sentimos alguma forte emoção - seja raiva, alegria, tristeza ou medo - liberamos uma série de hormônios em nossa corrente sanguínea. Quanto maior a quantidade, mais importância o cérebro dá para aquela situação e, portanto, passa a fazer parte de nossas vidas com mais veemência.

Então, quanto mais visualizarmos e sentirmos - com todos os nossos sentidos - os nossos sonhos, mais chances temos de concretizá-los. Sonhe sentindo para poder, um dia, sentir seu sonho.

Quando montei minha segunda editora, no final dos anos 1990, eu me imaginava todos os dias indo trabalhar, abrindo o escritório imaginário, recebendo meus clientes imaginários, liderando meus funcionários imaginários. Sonhava acordado. Me via em situações imaginárias que pareciam tão reais que, um dia, cheguei a ficar de mau humor por um problema que tinha acontecido... em meu sonho!

Pouco menos de um ano depois eu estava abrindo a porta de meu escritório real, cuidando de uma equipe real, executando trabalhos a clientes reais.

E como já dizia um grande amigo meu, Ricardo Baboo, nos idos em que enveredávamos, como amadores, nos palcos do teatro:

"Sonhar é o caminho para realização. Quem não sonha, não constrói. Sonhar é o berço da evolução. "

Beijos inspiradores, abraços transformadores!
Marcio Zeppelini

 

"Sonhe sentindo para poder,
um dia, sentir seu sonho"
Marcio Zeppelini