O que te faz sentir grande?

Por: Marcio Zeppelini
26 Outubro 2014 - 13h21

Grande

Eu sou grande!



– Façam uma rodinha – disse a professora. – É hora da história.

Quando acabou a história, chamada “Eu sou Grande”, a professora perguntou à entusiasmada turminha do jardim de infância:

– O que faz você se sentir grande?

– Um besouro! – berrou um jovem estudante.

– Uma formiga! – berrou outro.

- Um mosquito! – berrou uma terceira.

Tentando manter um pouco de ordem, a professora pediu que as crianças levantassem a mão para falar. Apontando para uma menininha no fundo da sala, ela perguntou:

– O que faz você se sentir grande?

– Mamãe – foi a resposta da pequena Jéssica.

– Como é que a mamãe faz você se sentir grande? – instigou a professora.

– É assim – disse a menina. – Ela me abraça e me fala "EU TE AMO, Jéssica".

 

Reconhecimento é uma forma de amar!

 O amor de um pai ou mãe a um filho é incondicional. Se precisarmos nos atirar diante de uma bala para salvar um filho nosso, assim o faremos. Sofremos quando eles sofrem, choramos quando eles choram.

Talvez as “provas de amor” de sua mãe a você não tenham sido assim tão drásticas, mas certamente foram noites mal dormidas, preocupações sem solução, abstinências de desejos em detrimento dos seus… Sem contar no sangue, suor e… leite que despejaram por nossa vida!

É hora de agradecer e reconhecer nossas mães - não só pelo dia delas, nesse domingo, - mas pela GRANDEZA que somos TODOS OS DIAS por causa delas!

À minha mãe, dedico essa história e o meu amor: TE AMO!

Abraços sustentáveis,

PARCEIROS VER TODOS