Você odeia todos à sua volta?

Por: Marcio Zeppelini
22 Outubro 2016 - 13h16

encontro-andarilhos

Encontro de andarilhos


No meio do Caminho de Santiago, um andarilho encontra um guia de turismo vindo na direção contrária e lhe pergunta:

- Diga-me: como é a cidade de Burgos?
- Como era aquela que você acabou de deixar? - retruca o sábio guia
- Logroño? Muitos vestígios belos do passado, mas com pessoas sujas, feias, pouco hospitaleiras e malcheirosas.
- Muito bem! Se você está indo para Burgos, infelizmente acho que você também vai encontrar pessoas sujas, malcheirosas e pouco hospitaleiras e que fedem a 50 metros de distância - responde o guia.

Os dois se despedem e continuam seu trajeto.

Ao chegar perto de Burgos, o guia encontra no caminho outro turista, que lhe faz a seguinte pergunta:

- O senhor deve conhecer a cidade de Logroño?
- É a cidade de onde eu venho - respondeu o guia.
- E como são as pessoas de lá? - questiona o segundo turista.
- Você acabou de sair de Burgos, não? O que achou das pessoas de lá? - pergunta o guia.
- Maravilhosas, muito delicadas... Foi difícil sair da cidade para continuar a minha viagem.
- Ah, que bom! Pois as pessoas de Logroño vão parecer ainda mais maravilhosas.

Adaptado do livro: "Aprenda a Liderar com a Programação Neurolinguística" (Longin P)


Você encontra o que você procura

Você tem algum colega de trabalho ou de classe que vive reclamando de tudo e de todos? Pergunte a ele como era seu antigo emprego ou sua sala de aula passada. Em poucos minutos verá que ele começará a reclamar deles também.

Com seu vizinho chato, idem. Com o motorista do ônibus reclamão, idem. Com aquele cliente que nunca está satisfeito, igualzinho.

As pessoas encontram em seu caminho aquilo que elas procuram. Se você buscar olhar o que há de melhor nas pessoas, vai encontrar pessoas maravilhosas, cheias de riquezas para ensinar. Caso busque olhar seus defeitos, eles os saltarão aos olhos e esconderão suas qualidades.

O maior problema de tudo isso é que nós somos dotados de uma coisa chamada "atenção seletiva" - uma capacidade do cérebro que seleciona informações importantes e faz com que sejam ignoradas informações irrelevantes.

Assim, se o que te importa são as vicissitudes da vida, elas serão selecionadas em primeiro lugar pelo seu cérebro. A boa notícia é que se você se esforçar para fazer o contrário - ou seja, tentar sempre enxergar primeiro as qualidades, você passará a ter uma sensação de que todo o resto também é bom - e relevará os aspectos negativos.

Até aqui falei de pessoas. Mas tente fazer o mesmo com lugares, objetos, atividades sociais e até tarefas profissionais. Deixe de ser o "reclamão" e veja sempre o lado positivo das coisas, sem ignorar os negativos - que devem ser solucionados com inteligência.

Essa é a inspiração para esta semana que entra!

Abraços inspiradores, beijos cheios de coisas boas!
Marcio Zeppelini

As pessoas encontram em seu caminho aquilo que elas procuram.
Marcio Zeppelini

PARCEIROS VER TODOS