Você é persistente para alcançar seus sonhos?

Por: Marcio Zeppelini
06 Outubro 2017 - 13h57

396

As duas moscas

Contam que certa vez duas moscas caíram num copo de leite.

A primeira era forte e valente; assim, logo ao cair nadou até a borda do copo. Mas, como a superfície era muito lisa e ela tinha suas asas molhadas, não conseguiu sair. Acreditando que não havia saída, a mosca desanimou, parou de nadar e de se debater e afundou.

Sua companheira de infortúnio, apesar de não ser tão forte, era tenaz! Continuou a se debater, a se debater e a se debater por tanto tempo, que, aos poucos, o leite ao seu redor, com toda aquela agitação, foi se transformando e formou um pequeno nódulo de manteiga, onde a mosca conseguiu, com muito esforço, subir e dali levantar voo para algum lugar seguro.

Tempos depois, a mosca, por descuido ou acidente, novamente caiu num copo. Como já havia aprendido em sua experiência anterior, começou a se debater, na esperança de que, no devido tempo, se salvaria. Outra mosca, passando por ali e vendo a aflição da companheira de espécie, pousou na beira do copo e gritou:
- Tem um canudo ali, nade até lá e suba pelo canudo.

A mosca tenaz não lhe deu ouvidos, baseando-se na sua experiência anterior de sucesso, e continuou a se debater e a se debater, até que, exausta, afundou no copo cheio de... água.

Iniciativa, persistência e aprimoramento

Já disse em outras edições de minha coluna semanal que um empreendimento não é só algo que gere dinheiro e trabalho. Empreender é criar e desenvolver algo - seja uma empresa, um evento, uma construção, uma viagem. Enfim, tudo aquilo que exige planejamento, energia e determinação para atingir um objetivo final pode ser chamado de empreendimento.

Para empreender são necessárias três regras: Iniciar, persistir e aprimorar. O primeiro passo é o mais importante - afinal, sem ele você não consegue dar o segundo, nem o terceiro, nem mais nenhum.  A persistência - vide o caso da mosquinha que fez do leite virar manteiga - é também de extrema importância.

Mas, dessa vez, quero focar na terceira parte: o aprimoramento, a lapidação.

Em qualquer empreendimento, devemos, sim, "mexer no time", mesmo que ele esteja ganhando. É importante estar atento aos processos e à opinião dos envolvidos a fim de encontrar falhas e possibilidades de melhoria. Estar à frente dos problemas é uma das regras básicas para o sucesso de qualquer empreendimento.

Falando em sucesso, perceba que ninguém que tenha atingido sucesso em qualquer área se acomodou com o primeiro resultado. Por isso, aprimorar é buscar o inatingível - até que você o atinja.

Abraços com mais atitude!
Marcio Zeppelini

 

Aprimorar é buscar o inatingível - até que você o atinja
Marcio Zeppelini