Como você cuida de seus pais?

Por: Marcio Zeppelini
15 Outubro 2016 - 21h08

cuida-seus-pais

A Mesa do Velho Avô

Um frágil e velho homem foi viver com seu filho, nora e seu netinho. As mãos do velho homem tremiam, sua vista era embaralhada, e o seu passo, hesitante.

A família comia junto à mesa. Mas as mãos trêmulas e a visão falha do ancião tornaram difícil o ato de comer. Ervilhas rolaram da colher dele sobre o chão. Quando ele pegou seu copo, o leite derramou na toalha da mesa. A bagunça irritou fortemente seu filho e nora.

Assim, marido e esposa prepararam uma mesa pequena no canto da sala. Lá, vovô comia sozinho, enquanto o resto da família desfrutava do jantar. E desde que o avô havia quebrado um ou dois pratos, a comida dele passou a ser servida em uma tigela de madeira.

Quando a família olhava de relance na direção do vovô, às vezes percebiam nele uma lágrima em seu olho, por estar só. Ainda assim, as únicas palavras que o casal tinha para ele eram advertências acentuadas quando ele derrubava um garfo ou derramava comida. O netinho, com pouco mais cinco anos, assistia tudo em silêncio.

Uma noite antes da ceia, o pai notou que seu filho estava brincando no chão com sucatas de madeira. Ele perguntou docemente para a criança:

- O que você está construindo com essas madeiras?

Da mesma maneira dócil, o menino respondeu:

- Estou fabricando uma bonita tigela para você e mamãe comerem quando eu crescer.

A partir daquela noite, o vovô voltou a comer com a família. E, por alguma razão, nem marido nem esposa pareciam se preocupar mais quando um garfo era derrubado, quando o leite era derramado ou quando a toalha da mesa ficava suja.

Cuidemos dos mais velhos!

O dia dos pais acabou de passar! E não é só nesse dia que devemos olhar para nosso pai. Este é um trabalho cotidiano, que deve ser feito com o carinho que você deseja receber quando você for mais velho.

Além de nossos pais e demais familiares, igualmente importante é respeitar e acolher as pessoas mais velhas que estejam em sua volta, seja em seu bairro, clube, trabalho ou igreja. Conversar com eles, aprender com eles. Saber ser mais paciente com eles.

Aliás, paciência é, de fato, algo que vamos aprendendo o quanto é bom ter conforme vamos ficando mais velhos. E, quanto mais pacientes, mais sábios ficamos. Digo a paciência no sentido de compreender os fatos e pessoas - não no sentido de esperar, já que isso nem sempre é uma excelente ideia.

Cuide bem hoje para ser bem cuidado amanhã! Isso serve para seus pais, companheiro(a), filhos, amigos, irmãos... enfim, todos!

Abraços sustentáveis,

Marcio Zeppelini

 

Cuide bem hoje para ser bem cuidado amanhã!

Marcio Zeppelini

PARCEIROS VER TODOS