Voluntários motivados,

Por: Milú Villela
01 Abril 2006 - 00h00

Não nos surpreende ouvir histórias de pessoas motivadas e interessadas em fazer trabalho voluntário, mas que não levam essa vontade adiante por algum motivo. Por outro lado, é impossível imaginar o voluntariado sem motivação.Participar, doar tempo,trabalho e talento para causas de interesse social e comunitário exige que aqueles que se envolvem com uma causa estejam verdadeiramente interessados.

Um dos grandes desafi os de quem participa de causas comunitárias é, assim, manter acesa a chama da motivação – do contrário, qualquer atividade, por mais estruturada que esteja, corre o risco de não dar certo.

Existem incontáveis motivações para que uma pessoa seja voluntária: fazer diferença na vida de alguém, desenvolver uma habilidade, sentir-se reconhecida, ocupar tempo livre, socializar – não importa: cada pessoa tem sentimentos e valores próprios, construídos ao longo da vida, e dessa especificidade surge a motivação de ser voluntária.

É verdade que existem notáveis demonstrações de esforço individual, mas o mais comum é que se procurem oportunidades de somar qualidades em uma organização social, um hospital, uma escola, enfim, algum grupo já constituído, que possa orientar o ator social em sua nova empreitada.

O material humano é rico, mas, para que gere frutos, precisa ser bem cultivado. E, como na natureza, cada voluntário deve participar de um modo diferente. Para começo de tudo, é preciso haver sintonia entre o voluntário e a organização que o recebe. Não basta estar disposto a fazer algo, é preciso saber o que se quer fazer.

Tudo o que você precisa saber sobre Terceiro setor a UM CLIQUE de distância!

Imagine como seria maravilhoso acessar uma infinidade de informações e capacitações - SUPER ATUALIZADAS - com TUDO - eu disse TUDO! - o que você precisa saber para melhorar a gestão da sua ONG?

Imaginou? Então... esse cenário já é realidade na Rede Filantropia. Aqui você encontra materiais sobre:

Contabilidade

(certificações, prestação de contas, atendimento às normas contábeis, dentre outros)

Legislação

(remuneração de dirigentes, imunidade tributária, revisão estatutária, dentre outros)

Captação de Recursos

(principais fontes, ferramentas possíveis, geração de renda própria, dentre outros)

Voluntariado

(Gestão de voluntários, programas de voluntariado empresarial, dentre outros)

Tecnologia

(Softwares de gestão, CRM, armazenamento em nuvem, captação de recursos via internet, redes sociais, dentre outros)

RH

(Legislação trabalhista, formas de contratação em ONGs etc.)

E muito mais! Pois é... a Rede Filantropia tem tudo isso pra você, no plano de adesão PRATA!

E COMO FUNCIONA?

Isso tudo fica disponível pra você nos seguintes formatos:

  • Mais de 100 horas de videoaulas exclusivas gratuitas (faça seu login e acesse quando quiser)
  • Todo o conteúdo da Revista Filantropia enviado no formato digital, e com acesso completo no site da Rede Filantropia
  • Conteúdo on-line sem limites de acesso no www.filantropia.ong
  • Acesso a ambiente exclusivo para download de e-books e outros materiais
  • Participação mensal e gratuita nos eventos Filantropia Responde, sessões virtuais de perguntas e respostas sobre temas de gestão
  • Listagem de editais atualizada diariamente
  • Descontos especiais no FIFE (Fórum Interamericano de Filantropia Estratégica) e em eventos parceiros (Festival ABCR e Congresso Brasileiro do Terceiro Setor)

Saiba mais e faça parte da principal rede do Terceiro Setor do Brasil:

Acesse: filantropia.ong/beneficios

PARCEIROS VER TODOS