Violência Contra Mulher no ambiente universitário

Por: Thaís Iannarelli
17 Dezembro 2015 - 20h56

Resultados da pesquisa Violência contra a mulher no ambiente universitário, realizada pelo Instituto Avon em parceria com o Data Popular, após 1.823 entrevistas com homens e mulheres, além de discussões com grupos de estudantes e especialistas foram apresentados ao público no dia 3 de dezembro, em São Paulo, no Fórum Fale Sem Medo.

Nunca houve tantos universitários no Brasil: hoje, são mais de 7 milhões. A parcela representa uma quantidade pequena diante do fato de que o acesso ao ensino superior ainda não é uma realidade para a maioria dos brasileiros. No entanto, aquela que é considerada a “elite intelectual” do país não está livre de reproduzir determinados comportamentos sociais prejudiciais ao desenvolvimento humano.

Para o presidente do Data Popular, Renato Meirelles, os dados inéditos desmistificam a ideia de que esse é um problema que ocorre somente nas camadas mais pobres ou de baixa escolaridade. Entre as entrevistadas, 66% disseram conhecer um homem que já cometeu alguma violência contra uma mulher.

Para acessar o estudo: http://links.fsb.com.br/juliano/Pesquisa%20Instituto%20Avon_V9_FINAL_Bx.pdf

Fonte: Setor 3

PARCEIROS VER TODOS