Se a gente quiser vai dar pra mudar o final

Por: Instituto Filantropia
19 Julho 2013 - 21h02

Em 29 de maio de 2013 o Siconv completa cinco anos, período em que passamos por várias alterações e muitas novidades. Como era instável! Muito evoluímos, muito aprendemos e muito ainda temos de aprender.

Eu, como a maioria de vocês, aprendi a utilizar essa linda ferramenta na base da tentativa e erro. Sempre que fazia algo errado, criava uma nova proposta, não por querer tudo mais correto, mas por não saber e não encontrar quem me orientasse. Foram 27 propostas erradas até que comecei a entender e acertar. Foi aí que percebi que precisava urgentemente aprender.

Comecei a entrar em contato com o governo para participar de uma capacitação. Isso era raro na época, mas depois de tanto insistir, finalmente consegui. Fui então habilitada a ser multiplicadora dos conhecimentos deste incrível sistema, que desafio! Havia tanto para acompanhar, tantas funcionalidades que ainda estavam para serem criadas; agora, precisam ser entendidas, corrigidas e executáveis.

Hoje estamos aqui demonstrando, através desta edição especial, como essa ferramenta é importante e possível para todos. Nas páginas desta revista, você vai encontrar muito mais que um meio de captação de recursos: vai descobrir grandes coisas que pode fazer, basta acreditar!

A transparência das transferências voluntárias da União é algo que me faz lembrar de um texto de Elisa Lucinda, intitulado como “Só de sacanagem”. Deixo o verso que me inspira...

“... mais honesta vou ficar! Só de sacanagem
Dirão: deixa de ser boba, desde Cabral que aqui todo mundo rouba
Direi: será este o meu carnaval...
Sei que não dá pra mudar o começo
mas se a gente quiser vai dar pra mudar o final”

Boa leitura!

BAIXE GRATUITAMENTE
E-book Como começar uma⠀ONG

BAIXE GRATUITAMENTE

BAIXE GRATUITAMENTE
E-book 18 PASSOS essenciais para ajudar sua ONG

BAIXE GRATUITAMENTE

PARCEIROS VER TODOS