Projeto oferece descarte adequado para lixo eletrônico

Por: Thaís Iannarelli
22 Julho 2014 - 13h39

O Programa De Volta ao Ciclo está comemorando mais de 04 toneladas de equipamentos de informática reciclados desde que a segunda fase do projeto teve início (agosto de 2013). Além disso, a Fast Shop está trabalhando para que esses números cresçam exponencialmente nos próximos anos com a implementação de programas que incentivam funcionários e clientes a terem atitudes cada vez mais sustentáveis.

Através de uma parceria entre Fast Shop, TerraCycle e Coopermiti, a coleta se expandiu para todas as lojas do Estado de São Paulo. Dessa forma, os clientes podem se desfazer de seus resíduos de maneira fácil, gratuita e com a garantia de que os equipamentos recebam o tratamento adequado.

O programa se concentra principalmente na coleta e reciclagem de resíduos eletrônicos, garantindo destinação ambientalmente correta. São aceitos: HD´s, teclados, mouses, desktops, monitores CRT, monitores LCD, notebooks e netbooks. Todos os resíduos coletados são enviados para Coopermiti, uma cooperativa sem fins lucrativos com certificação ISO 9001, localizada na cidade de São Paulo e especializada na gestão de resíduos eletrônicos. Uma vez que o material é recebido pela Coopermiti, o mesmo será triado, descaracterizado e em seguida reciclado ou encaminhado para o processo de reparo e reuso.

De acordo com a pesquisa Recycling: “from e-waste to resources”, publicada pela ONU em 2012, a população mundial produz 40 milhões de toneladas de lixo eletrônico por ano, dos quais apenas 13% são reciclados. A conta pode ser ainda mais assustadora: segundo o estudo, o lixo eletrônico cresce três vezes mais que o convencional. Para a ONU, a situação é ainda mais preocupante em economias emergentes, como o Brasil (entre esses países, o Brasil é o que mais gera e-lixo per capita) onde grande parte desse volume não tem destinação adequada. Ainda segundo a ONU, os brasileiros jogam 97 mil toneladas de computadores nos lixos a cada ano.

Com a expansão do Programa, a Fast Shop se antecipa à Política Nacional de Resíduos Sólidos e surge como uma alternativa para auxiliar seus fornecedores a se adequarem à nova regra. O projeto de lei, sancionado em 2010, prevê, entre outros pontos, o fechamento dos lixões e institui a chamada “logística reversa” que diz que uma vez descartado, produtos e embalagens passam a ser de responsabilidade dos seus respectivos fabricantes, que devem criar um sistema para coletar e reciclar esse resíduo.

A lista com os endereços das lojas Fast Shop do estado de São Paulo que participam do programa De Volta ao Ciclo pode ser consultada no site:

http://www.fastshop.com.br/loja/rede-lojas

BAIXE GRATUITAMENTE
E-book Como começar uma⠀ONG

BAIXE GRATUITAMENTE

BAIXE GRATUITAMENTE
E-book 18 PASSOS essenciais para ajudar sua ONG

BAIXE GRATUITAMENTE

EDITAIS
23.064
Oportunidades Cadastradas
9.597
Modelos de Documentos
4.100
Concedentes que Repassam Recursos
Prazo
1 Out
2021
The Land Accelerator - América Latina
Prazo
30 Jun
2021
eFestival Canção
Prazo
Contínuo
Super Desafio COVID-19 - Startups
Prazo
10 Ago
2021
The Chelsea International Photography Competition 2021
Prazo
5 Jun
2021
Prêmio Excelência em Competitividade 2021
Prazo
15 Dez
2021
Premio Iteramericano a Las Buenas Práticas para el...
Prazo
28 Mai
2021
Chamada Pública Inovação Tecnológica - Serviço...
Prazo
Contínuo
Adobe Creative Residency Community Fund
Prazo
31 Mai
2021
Chamada de Cooperação Conjunta em Ciência e Tecnologia...
Prazo
15 Jun
2021
2º Call for Partnerships - Global Media Defence Fund

PARCEIROS VER TODOS