Prêmio mais do que merecido

Por: Instituto Filantropia
21 Março 2020 - 00h00

 6023-abertura

Eleita a melhor organização não governamental de 2019, a Associação Peter Pan é o exemplo mais acabado de um modelo de gestão que, de ponta a ponta, funciona e traz resultados positivos tanto para as crianças em tratamento contra o câncer quanto para os familiares e acompanhantes.

Fundada em 1996 em Fortaleza, por iniciativa de voluntários, em parceria com o Hospital Albert Sabin, a ONG cearense oferece, sem qualquer custo, tratamento médico especializado, incluindo programa de diagnóstico precoce que atende pacientes da capital e de cidades do interior do estado.

A organização social dá assistência, por meio de 17 programas sociais, promovendo ações que contribuem para a humanização da terapia em andamento, processo que geralmente é bem desgastante para os pacientes, que recebem fortes medicações para combater a doença.

Com a colaboração de diversas empresas e por meio de voluntariado, a entidade conseguiu inaugurar, em 2000, o Hospital Dia Peter Pan, germinando a semente que hoje é referência no tratamento do câncer infantojuvenil em todo o estado – o Centro Pediátrico do Câncer.

6024-abertura

Erguido em 2010, o Centro Pediátrico do Câncer é uma edificação de cinco pavimentos, totalizando 4.995 metros quadrados. Em 2014, foi lançada a pedra fundamental da expansão do hospital, tendo sua primeira ampliação em 2018, com a inauguração do terceiro andar, onde ficam quatro enfermarias duplas, dois leitos de isolamento e uma sala de procedimentos.

Em 2019, veio a segunda expansão, quando foram inaugurados 14 leitos, seis consultórios médicos, seis enfermarias com leitos duplos e dois leitos de cuidados paliativos.

Atualmente, o local possui sete leitos de UTI, 16 de quimioterapia dia, 24 de quimioterapia sequencial, 38 de enfermaria, 18 de isolamento, seis de recuperação, além de 11 consultórios (incluindo uma sala de atendimento psicológico) e uma sala de procedimentos. Ainda fazem parte dessa infraestrutura recepção, auditório, pavimento técnico, brinquedoteca, entre outros ambientes diferenciados, a exemplo do Espaço do Adolescente do ABC+Saúde.

O atendimento médico é realizado pelo governo do Ceará, por meio do Hospital Infantil Albert Sabin. O trabalho dos 398 voluntários da Associação Peter Pan é distribuído entre o ambiente hospitalar e os programas sociais da instituição. Ao todo, nove voluntários atuam na sede administrativa da instituição.

Segundo o gerente-geral da ONG, Marcus Borges, apesar de as recentes instalações trazerem mais conforto aos pacientes, a demanda de novos casos do câncer infantojuvenil tem crescido ano após ano. Para dar conta desse aumento e oferecer um tratamento ágil e eficiente, é necessário expandir o Hospital Dia Peter Pan.

“As obras de conclusão do segundo andar, que incluem dois centros cirúrgicos – um de médio e outro de grande porte –, uma sala de recuperação com seis leitos e mais três leitos de UTI, demandam um investimento de aproximadamente R$ 3,5 milhões”, afirma o gestor, enfatizando que essa ampliação possibilitará tratar novos pacientes e estender a atuação da Peter Pan por diversas outras regiões do estado e fora dele.

Atualmente, a Associação Peter Pan conta com 78 funcionários, tendo uma médica contratada pelo governo cearense, que atua tanto no atendimento hospitalar quanto no Programa de Diagnóstico Precoce desenvolvido e realizado pela APP.

6025-abertura

Programas sociais

A APP opera, simultaneamente, 17 programas sociais desenvolvidos para atender as necessidades de cada tipo de paciente e de seus respectivos familiares e acompanhantes. São eles:

Recepção Amiga: O objetivo é acalentar as famílias de pacientes que chegam com o diagnóstico do câncer. Sempre muito pobres, elas vêm com fortes preocupações. Nesse contexto, explica-se o papel realizado pela Associação e mostra-se a eles todo o suporte e apoio disponíveis no decorrer do tratamento de seus filhos.

Girassol: Ações de humanização realizadas por voluntários, apoiando os pacientes e familiares no momento da confirmação do diagnóstico de câncer e de procedimentos de amputação.

ABC + Saúde: Leitura, escrita, atividades lúdicas e artísticas. Estas são as ferramentas que o coordenador do programa utiliza com crianças e adolescentes participantes. Divididos de acordo com o nível de aprendizado, os participantes podem resgatar um pouco do ambiente escolar, do qual muitos se afastam no período de tratamento. A ideia é incentivá-los a não perder o amor pelo aprendizado.

Amigo Peter Pan/Empresa Amiga Peter Pan: Programa voltado para a captação de recursos financeiros em quantias e períodos estabelecidos pelo próprio voluntário/doador. O dinheiro ajuda a viabilizar transporte, compra de remédios e a suprir outras necessidades, além de viagens para a realização de transplante de medula óssea e outros tratamentos fora do estado.

Apadrinhamento: Tem o objetivo de reforçar a nutrição dos pacientes e sua fidelidade no tratamento. Para tanto, viabiliza a doação de cestas nutricionais distribuídas mensalmente e patrocinadas por padrinhos/voluntários da instituição. Os participantes recebem o boleto bancário com o valor relativo à criança apadrinhada.

Arte e Alegria: Voltado a crianças, adolescentes e familiares, este programa é conduzido por um instrutor voluntário que, semanalmente, orienta os participantes em atividades culturais como coral, música instrumental e desenhos artísticos, a fim de estimular a vinda deles, promovendo integração individual e coletiva, desenvolvendo a percepção rítmica, auditiva e gráfica.

Brinquedoteca: É um espaço divertido, de entretenimento, com jogos interativos e diversos brinquedos. O programa é acompanhado por terapeutas ocupacionais e voluntários. Foi criado para proporcionar alegria e estímulos para que a criança brinque enquanto aguarda ser atendida, propiciando a criação de laços afetivos com o ambiente onde fará o tratamento.

Cirineu: Este programa foi criado para detectar pacientes em situações de risco e apoiar sua família no enfrentamento a outros graves problemas que impactam decisivamente no tratamento do câncer. A ideia é fortalecer a estrutura da família em torno do paciente.

6026-abertura

Cuidando do Cuidador: São encontros mensais com os acompanhantes dos pacientes que promovem uma interação entre eles por meio de rodas de conversa. E, através de parcerias, mensalmente, os cuidadores têm acesso a serviços de saúde.

Espaço do Adolescente: Espaço pensado exclusivamente para os adolescentes, onde são realizadas atividades livres, individuais e coletivas. São desenvolvidos trabalhos para estimular a convivência, interação, socialização, objetivando criar elos com o hospital e preenchimento do tempo livre dos adolescentes, enquanto aguardam os procedimentos quimioterápicos e consultas médicas.

Ler Faz Bem: Instalada na recepção do Hospital Peter Pan, uma biblioteca foi montada a partir da doação de parceiros e voluntários, onde é possível encontrar diversos títulos disponíveis para empréstimo de livros e filmes para pacientes e familiares.

Raio de Sol: Programa de acompanhamento por meio de visitas realizadas por voluntários diariamente, nos três turnos, às enfermarias do Hospital Peter Pan. As visitas ajudam a quebrar a rotina hospitalar e, em muitos casos, acabam representando a família de alguns pacientes que se encontram no interior. Realizado pelo Plantão Fraterno, o programa detecta e suaviza vários problemas que a doença acarreta, oferecendo verdadeiras “doses” de um remédio transcendente e indispensável à cura.

Realizando Sonhos: A missão é realizar sonhos, especialmente daqueles que se encontram fora da possibilidade de cura. No contato com os pacientes e familiares, a Associação Peter Pan procura descobrir e realizar os anseios e desejos dos pequenos e jovens.

Visita Amiga: São avaliações técnicas realizadas in loco no domicílio do paciente, em que são analisadas as condições socioeconômicas e psicoemocionais dele e de sua família, por meio de um relatório fotográfico e escrito das condições estruturais do imóvel e do levantamento dos equipamentos móveis relativos à acomodação, saúde e higiene da família. Após a análise e aprovação da diretoria da Associação Peter Pan, são iniciadas obras e realizada a compra de móveis, utensílios e eletrodomésticos de primeira necessidade. Além disso, oferece suporte psicológico e financeiro por tempo determinado conforme especificidades de cada caso. O programa faz os encaminhamentos aos Núcleos de Apoio à Saúde da Família de cada município.

Oficina do Bem: Baseando-se nas habilidades apresentadas pelos voluntários do programa, são promovidas diversas oficinas onde os cuidadores dos pacientes são apresentados ao “trabalho-terapia”, proporcionando momentos de lazer e capacitando-os em uma nova atividade que pode contribuir com o orçamento familiar.

Trabalhando para o Futuro: Programa composto por ações socioeducativas com foco na inclusão social e autoestima dos participantes. Durante todo o período do curso, é avaliada a evolução de cada paciente.

Apoio ao Óbito: Em um momento de grande pesar para a família do paciente, este programa auxilia nas ações/despesas referentes ao transporte do corpo para o município de sepultamento, caso haja necessidade. A equipe multidisciplinar também dá apoio e faz o acompanhamento da família com uma presença amiga.

EDITAIS FILANTROPIA PLATAFORMA ÊXITOS
17.033
Oportunidades Cadastradas
9.597
Modelos de Documentos
3.312
Concedentes que Repassam Recursos
Prazo
31 Mai
2020
I Prêmio Josemar Guilhermino de Literatura
Prazo
4 Set
2020
Ideias para o Futuro
Prazo
29 Mai
2020
Prêmio CAPES de Tese
Prazo
Matchfunding Enfrente o Corona
Prazo
1 Ago
2020
Todos os olhos na Amazônia
Prazo
1 Ago
2020
The IFREE Small Grants Program
Prazo
1 Jun
2020
Sophie Danforth Conservation Biology Fund
Prazo
18 Jun
2020
Global Health Security & Pandemics Challenge
Prazo
30 Jun
2020
Prêmio Internacional de Seguros Julio Castelo Matrán
Prazo
31 Dez
2020
Patrocínios e Doações - Instituto Usiminas

PARCEIROS VER TODOS