ONU exige cotas para auxílios à refugiados

Por: Thaís Iannarelli
04 Setembro 2015 - 15h14

No dia 04 de setembro, o alto comissário das Nações Unidas para os refugiados, Antônio Guterres, apelou para a União Européia a distribuição de  pelo menos 200 mil refugiados.

 

“É preciso um programa de reinstalação em massa, com a participação obrigatória de todos os estados-membros da União Europeia. Uma estimativa bastante preliminar parece indicar a necessidade de aumentar as oportunidades de reinstalação de até 200 mil lugares”

 

O movimento que já conta com mais de 300 mil refugiados e tem principalmente pessoas fugindo do caos da guerra na Síria.

 

No dia 03 de setembro, o presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, apelou aos estados-membros da UE para aceitar pelo menos 100 mil refugiados, de modo a aliviar a pressão nos países da chamada “linha da frente”.

 

Fonte: Agência Brasil

 

PARCEIROS VER TODOS