Novembro azul e o câncer de próstata

Por: Thaís Iannarelli
03 Novembro 2015 - 20h14
Após o outubro rosa, entramos no mês de novembro, que será colorido com a cor azul! A iniciativa visa conscientizar a população masculina sobre a importância da realização dos exames periódicos relacionados à doença e seu diagnóstico precoce.

A primeira comemoração aconteceu em 2000, na Austrália e a iniciativa se espalhou para o mundo e agora comemoramos no dia 17 de novembro o Dia Mundial de Combate ao Câncer de Próstata.
Segunda a pesquisa da Sociedade Brasileira de Urologia (SBU) quase 50% dos brasileiros nunca foram ao urologista e 47% dos homens entrevistados nunca fizeram o exame de toque retal, que é fundamental para detectar o câncer de próstata. Hoje a doença atinge cerca de 60 mil homens todos os anos no Brasil, sendo a neoplasia maligna mais comum no público masculino. Contudo, quando o câncer de próstata é detectado precocemente, o índice de cura ocorre em aproximadamente 90% dos casos. 
Desde 2013, a SBU recomenda, baseada em trabalhos científicos publicados nos últimos anos, que o exame de toque retal seja feito a partir dos 50 anos para homens sem casos na família e aos 45 anos para negros e homens com casos na família. Em sua fase inicial, o câncer de próstata não apresenta sintomas, por isso a consulta anual ao urologista é indispensável para o acompanhamento da glândula.
 
As causas do câncer de próstata ainda são desconhecidas, embora apareça com mais frequência em homens com mais de 65 anos de idade. As chances de desenvolver a doença aumentam em até dez vezes se já houve algum caso de câncer de próstata na família, comopai ou irmão. Outros fatores, como o estilo de vida, alimentação inadequada à base de gordura animal e pobre em frutas, legumes, verduras e grãos também podem interferir no surgimento da doença.
Fonte: Câmara dos Deputados

Tudo o que você precisa saber sobre Terceiro setor a UM CLIQUE de distância!

Imagine como seria maravilhoso acessar uma infinidade de informações e capacitações - SUPER ATUALIZADAS - com TUDO - eu disse TUDO! - o que você precisa saber para melhorar a gestão da sua ONG?

Imaginou? Então... esse cenário já é realidade na Rede Filantropia. Aqui você encontra materiais sobre:

Contabilidade

(certificações, prestação de contas, atendimento às normas contábeis, dentre outros)

Legislação

(remuneração de dirigentes, imunidade tributária, revisão estatutária, dentre outros)

Captação de Recursos

(principais fontes, ferramentas possíveis, geração de renda própria, dentre outros)

Voluntariado

(Gestão de voluntários, programas de voluntariado empresarial, dentre outros)

Tecnologia

(Softwares de gestão, CRM, armazenamento em nuvem, captação de recursos via internet, redes sociais, dentre outros)

RH

(Legislação trabalhista, formas de contratação em ONGs etc.)

E muito mais! Pois é... a Rede Filantropia tem tudo isso pra você, no plano de adesão PRATA!

E COMO FUNCIONA?

Isso tudo fica disponível pra você nos seguintes formatos:

  • Mais de 100 horas de videoaulas exclusivas gratuitas (faça seu login e acesse quando quiser)
  • Todo o conteúdo da Revista Filantropia enviado no formato digital, e com acesso completo no site da Rede Filantropia
  • Conteúdo on-line sem limites de acesso no www.filantropia.ong
  • Acesso a ambiente exclusivo para download de e-books e outros materiais
  • Participação mensal e gratuita nos eventos Filantropia Responde, sessões virtuais de perguntas e respostas sobre temas de gestão
  • Listagem de editais atualizada diariamente
  • Descontos especiais no FIFE (Fórum Interamericano de Filantropia Estratégica) e em eventos parceiros (Festival ABCR e Congresso Brasileiro do Terceiro Setor)

Saiba mais e faça parte da principal rede do Terceiro Setor do Brasil:

Acesse: filantropia.ong/beneficios

BAIXE GRATUITAMENTE
E-book Como começar uma⠀ONG

BAIXE GRATUITAMENTE

BAIXE GRATUITAMENTE
E-book 18 PASSOS essenciais para ajudar sua ONG

BAIXE GRATUITAMENTE

PARCEIROS VER TODOS