No Brasil, 95% da população tem eletricidade, mas só 58% tem água na zona rural

Por: Thaís Iannarelli
17 Setembro 2013 - 13h12

O Brasil superou a Argentina e, com 95% de alcance, tem a maior cobertura de energia elétrica entre dez países avaliados pelo Banco Mundial na América Latina - incluindo Bolívia, Chile, Colômbia, El Salvador, Guatemala, Nicarágua, Panamá e Peru. O documento "Descobrindo o que impulsiona o desempenho dos serviços de utilidade pública" estuda os serviços públicos na América Latina e no Caribe. Os dados são relativos a provedores de serviços de eletricidade, abastecimento de água, saneamento e telecomunicações, tanto públicos como privados, em toda a região. Há uma divisão nítida entre a cobertura rural e urbana dentro dos países para água, eletricidade, estradas e telecomunicações. As taxas de cobertura nas áreas rurais tendem a ser muito menores que a média. O Brasil e outros países levam água a 90% da população urbana. No entanto, o acesso à água nas áreas rurais brasileiras atinge 58% da população, porcentagem menor que em outros países como Zimbábue e Burundi.

www.bancomundial.org.br

PARCEIROS VER TODOS