Jovens deficientes não se reconhecem na mídia

Por: Revista Filantropia
01 Março 2008 - 00h00

O estudo Mais janela que espelho: a percepção dos adolescentes com deficiência sobre os meios de comunicação na Argentina, no Brasil e no Paraguai, divulgado no dia 11 de fevereiro pela Agência de Notícias dos Direitos da Infância (Andi), Rede Andi América Latina e ONG Save the Children Suecia, revelou que os jovens com deficiência pouco se reconhecem na programação de tevê, nos jornais e nas revistas. A pesquisa ouviu 67 adolescentes com deficiência, a maioria na faixa dos 11 a 13 anos, de diferentes classes sociais; e a maioria esmagadora deles não se recordou de nenhuma notícia ou personagem televisivo que abordavam essa condição.

www.andi.org.br

EDITAIS FILANTROPIA PLATAFORMA ÊXITOS
19.586
Oportunidades Cadastradas
9.597
Modelos de Documentos
3.490
Concedentes que Repassam Recursos
Prazo
Paranapanema - Doações e Patrocínios
Prazo
Aceleradora P&G Social
Prazo
31 Dez
2020
IberCultura Viva 2020
Prazo
1 Ago
2020
Todos os olhos na Amazônia
Prazo
1 Ago
2020
The IFREE Small Grants Program
Prazo
4 Set
2020
Ideias para o Futuro
Prazo
30 Nov
2020
Stop Slavery Award 2021
Prazo
31 Dez
2020
Patrocínios e Doações - Instituto Usiminas
Prazo
Patrocínio BS2
Prazo
Matchfunding Enfrente o Corona

PARCEIROS VER TODOS