Investimento no Bolsa-Família

Por: Revista Filantropia
01 Maio 2004 - 00h00
O programa do governo receberá aproximadamente US$ 500 milhões do Banco Mundial ainda em 2004. Até o fim do mandato de Lula, o banco pretende investir mais US$ 7,5 bilhões em projetos que visem à redução de pobreza, desenvolvimento humano e ações nas áreas de Educação e Saúde. Em reunião com a Comissão Especial para a América Latina (Cepal), o ministro do Desenvolvimento Econômico e Social, Jacques Wagner, elogiou a preocupação do Banco Mundial com as questões sociais.

PARCEIROS VER TODOS