Horas extras

Por: Revista Filantropia
01 Janeiro 2011 - 00h00
A Seção I Especializada em Dissídios Individuais decidiu, por maioria, que o abatimento dos valores correspondentes às horas extras já pagas ao trabalhador deve levar em conta todo o período não prescrito do contrato (ainda no prazo para ser reivindicado na Justiça). Não deve, assim, ser calculado mês a mês, forma que seria mais favorável ao empregado. www.tst.gov.br

BAIXE GRATUITAMENTE
E-book Como começar uma⠀ONG

BAIXE GRATUITAMENTE

BAIXE GRATUITAMENTE
E-book 18 PASSOS essenciais para ajudar sua ONG

BAIXE GRATUITAMENTE

PARCEIROS VER TODOS