De braços dados, 2006 mais fortes!

Por: Marcio Zeppelini
01 Outubro 2005 - 00h00

São vários os jargões que demonstram melhor eficácia em nossas atitudes quando trabalhamos em comunhão. “A união faz a força”, “duas cabeças pensam melhor do que uma” ou “unidos venceremos” são frases simplistas que apenas resumem a importância da vida em comunidade e que, com pensamentos e atitudes holísticas, somos capazes de trazer uma realidade individual mais saborosa.

Em nossa vida cotidiana, cada um tem responsabilidades próprias que, se aliadas à força de outro ser humano, tornam as realizações mais eficientes, rápidas e muitas vezes até mais prazerosas.

É assim em nosso trabalho, quando executamos tarefas integrados a uma equipe concorde e coesa de seus objetivos. É assim em nossa vida conjugal, quando temos no companheiro o arrimo necessário para nos sustentar nos momentos difíceis e compartilhar conosco as alegrias. É assim que se constitui e se ampara a instituição chamada Família que, para haver harmonia, deve estar unida em prol de seus costumes e crenças.

Portanto, em todo e qualquer âmbito de nossa existência, a vida em comum – a não-solitária – traz, como em um organismo vivo, uma troca de energias essencial para a humanidade, bem como para o desenvolvimento sustentável de nossa cultura e de nossos ideais.

No Terceiro Setor, a importância do trabalho em equipe é redobrada, afinal, são seres humanos unidos a fim de beneficiar outrem ou alguma causa comum. Nosso senso cognitivo, que nos difere dos demais animais, emana pelos quatro cantos do planeta, questionando sempre quais atitudes devemos tomar hoje para conquistarmos melhor vivência amanhã.

Neste ínterim, o Terceiro Setor tem se fortalecido nos últimos anos justamente por trabalhar com uma enorme sinergia, fortalecendo o setor social brasileiro e, com isso, trazendo uma realidade menos dolorosa aos nossos conterrâneos.

Que em 2006 possamos apertar ainda mais nossas mãos, estreitar nossos laços e, juntos, continuarmos a luta por um país mais digno e justo.

Desejamos a todos os leitores da Revista Filantropia um novo ano repleto de conquistas, alegrias e, principalmente, de boas ações.

PARCEIROS VER TODOS