OFICINA: Elaboração de relatórios técnicos na área social – Da teoria à prática

A importância da qualidade técnica dos documentos que norteiam a prática profissional e do impacto que a capacitação técnica traz à vida das pessoas que são atendidas e atingidas pelas nossas ações.

Carga Horária: 32 horas

Com: Maria Iannarelli, Camila Rocha

Categorias:

Programação

Sua equipe já tentou, sem sucesso, formular e desenvolver um relatório técnico?

Como garantir que esses documentos tenham as características necessárias para atender às demandas de organizações sociais e do poder público?

A oficina se propõe a trabalhar três eixos norteadores principais – (1) Ampliação do conceito de documentação técnica, da simples elaboração do documento para a prática profissional efetiva. (2) Da teoria à prática – como utilizar a vivência do grupo na elaboração efetiva de documentos técnicos como ferramenta de gestão e garantia de direitos. (3) Perícia social e prática profissional.

A proposta desta oficina é utilizar a metodologia participativa, com exemplos práticos. Serão apresentados exemplos de relatórios elaborados e utilizados para encaminhamentos / soluções em situações reais, tanto de relatórios quanto de perícia social. Além disso, serão desenvolvidas atividades em grupos para garantir que o conhecimento trazido seja útil para os participantes, mediante aulas expositivas, vídeos e debates.

Quem precisa fazer este treinamento?

  • Profissionais que atuam na área social (SUS, SUAS, Terceiro Setor, responsabilidade social de empresas), tanto para formação quanto para atualização técnica
  • Lideranças de equipes (coordenadores, gerentes)
  • Assistentes sociais, psicólogos, educadores sociais, profissionais responsáveis por prestação de contas de instituições e demais interessados no tema

Conteúdo Programático

  • Alinhamento conceitual
    • Instrumentalidade
    • Instrumental
       
  • Instrumentais técnico-operativos
    • Apreensão e intervenção na realidade (entrevista, visita domiciliar, escuta atenta, elaboração de relatórios)
       
  • Passo a passo
    • Como elaborar um relatório técnico
       
  • Falando sobre outros instrumentais
    • Prontuários
    • Atas
    • Pesquisas
    • Questionários
       
  • Documentação técnica e trabalho com equipes interdisciplinares
    • Relatórios compartilhados
       
  • A importância das perguntas
    • Como?
    • O quê?
    • Por que perguntar?
       
  • SUAS e seus desafios
    • Principais questões relativas a laudos e documentos específicos – CRAS, CREAS, SASF, entre outros.
       
  • Falando de relatórios técnicos
    • Sua importância para garantia/continuidade de certificações – CEBAS, projetos sociais, entre outros.
       
  • Falando sobre relatórios técnicos
    • Elaboração de parecer social e laudo social
    • Implicações nos serviços públicos – promotorias, Vara da Infância e Juventude, conselhos tutelares etc
       
  • A importância do trabalho em grupo para observação de resultados de projetos e atividades com famílias
    • Aplicação de dinâmicas para avaliação coletiva
    • Referencial de diagnóstico social
    • Conceituando comunidade, família e grupos
       
  • Sugestões de atividades práticas com grupos para qualificação dos resultados de trabalhos
    • Árvore da Vida
    • Discurso do sujeito coletivo
    • Tribunal do júri
    • Dinâmica e interesse do grupo
       
  • O perito social
    • Orientações sobre o perfil profissional
    • Site
    • Procedimentos para inserção na Justiça gratuita
       
  • Passo a passo para realização da perícia social
  • Ferramentas para construção do laudo social
  • Desenvolvimento de cada etapa do relatório técnico
  • Dicas e orientações sobre a circulação do perito em regiões de risco e alta vulnerabilidade social
  • Roteiro para realização de visita domiciliar, planejamento e organização
    • Situações comuns encontradas durante a visita domiciliar
       
  • Papel do perito social para o resultado da perícia

Palavras-chave

Capacitação técnica, alinhamento conceitual, prática profissional, certificação, impacto social, relatórios técnicos, instrumental, instrumentalidade, perícia social, territórios de atuação, laudos sociais, quesitos, autoridade social.

®2019 ➤ Instituto Filantropia - (Z). Conteúdo programático sujeito a mudanças de acordo com atualizações do facilitador.

Quem Ministra?

Maria Iannarelli

Assistente social e terapeuta de família com mais de 30 anos de experiência na área social em trabalho comunitário e com famílias, gestão e supervisão e coordenação de projetos sociais com crianças, adolescentes, adultos e idosos. Participou da implantação e acompanhamento de programas para prevenção e atendimento a pessoas com dependência química e HIV-Aids, e em dois programas da Secretaria Municipal de Saúde: “Acompanhante de Idosos” e “A Gente na Rua”.

Camila Rocha

Assistente Social com mais de 15 anos de experiência na área social, saúde e justiça. Especialista em Gestão e Organização de Políticas Sociais, Redes de Atenção à Saúde e Psicopatologia e Saúde Pública. Perita Social atuante na Justiça Federal de São Paulo desde 2014, 7ª Vara Previdenciária Federal de São Paulo e 1ª Vara do Juizado Especial Cível Central do TJSP.

Turmas Abertas


28/Jan de 2020 - São Paulo

Investimento

12x R$ 132,50. R$ 795,00 à vista. Valor para AFILIADOS

Investimento por participante - Valor Normal R$ 1.590,00

Valor da inscrição por pessoa

Local

Hotel Pergamon - Rua Frei Caneca, 80 - Consolação - São Paulo



- São Paulo-32-