Afilie-se gratuitamente à Rede Filantropia

Receba conteúdo de gestão, agenda de eventos e notícias do Terceiro Setor

Cadastre-se gratuitamente

Faça seu LOGIN na Rede Filantropia.

Você conhece alguém que gosta de fofocar?

Por: Marcio Zeppelini
02 Outubro 2017 - 14h18

As três peneiras

Olavo foi transferido de projeto. Logo no primeiro dia, para fazer média com o chefe, saiu com esta:

- Chefe, o senhor nem imagina o que me contaram a respeito do Silva. Disseram que ele...

Nem chegou a terminar a frase, e o chefe aparteou:
- Espere um pouco, Olavo. O que vai me contar já passou pelo crivo das três peneiras?
- Peneiras? Que peneiras, chefe?
- A primeira, Olavo, é a da VERDADE. Você tem certeza de que esse fato é absolutamente verdadeiro?
- Não. Não tenho não. Como posso saber? O que sei foi o que me contaram.
- Então sua história já vazou a primeira peneira. Vamos então para a segunda peneira, que é a da BONDADE. O que você vai me contar, gostaria que os outros também dissessem a seu respeito?
- Hum... Acho que não!
- Então, sua historia vazou a segunda peneira. Vamos ver a terceira peneira, que é a UTILIDADE: Você acha mesmo necessário me contar esse fato ou mesmo passá-lo adiante?
- Não, chefe. Passando pelo crivo dessas peneiras, vi que não sobrou nada do que iria contar - fala Olavo, surpreendido.

Cuide de sua vida!

"Ah... se eu fosse fulano, eu não teria feito daquele jeito!".

Vou ser curto e grosso: cuide da sua vida!

Tenho um grande amigo, o Moisés, que sempre que escuta alguém falar mal de outra pessoa, pergunta: "você sabe por que as tartarugas vivem mais de cem anos?" E tasca-lhe a resposta: "Porque elas só cuidam da vida delas".

Não sei se a teoria das três peneiras é a melhor, nem se é suficiente. Mas é importantíssimo refletir antes de, simplesmente, sair contando fatos dos outros a outrem, cheios de preconceitos e vaidades.

Nesta minha coluna semanal sempre serei duro com quem levanta o dedo para apontar defeito dos outros. Darei sempre o conselho de, ao invés disso, tomar um espelho às mãos e ver quais são os seus próprios defeitos.

Daí me caiu na mão esse conto das três peneiras, que me pareceu ser um bom início para exercitar a autopatrulha. VERDADE, BONDADE e UTILIDADE. Em especial, esta última peneira: qual a utilidade do comentário que eu farei?

Pense nisso. Viva mais a SUA vida, deixe a dos outros para que eles cuidem - mesmo que, para você, estejam fazendo errado.

Peço desculpas pela "bronca" de hoje.

Abraços inspiradores. Beijos renovadores!

Marcio Zeppelini


Antes de fofocar, pense: qual é a
utilidade do comentário que farei?
Marcio Zeppelini

PARCEIROS VER TODOS