Como você enfrenta seus problemas?

Por: Marcio Zeppelini
02 Outubro 2017 - 13h42

pedra-estrada

A pedra na estrada

Uma noite, enquanto todos dormiam, o rei pôs uma enorme pedra na estrada que passava pelo palácio. Escondeu-se atrás de uma cerca e esperou para ver o que acontecia.

Primeiro veio um fazendeiro com uma carroça carregada de sementes.

- Quem já viu tamanho descuido? - disse ele contrariadamente, enquanto desviava sua parelha e contornava a pedra. - Por que esses preguiçosos não mandam retirar essa pedra da estrada? - E continuou reclamando da inutilidade dos outros, sem tocar na pedra.

Logo depois, um jovem soldado veio cantando pela estrada. A longa pluma do seu quepe ondulava na brisa e uma espada reluzente pendia à sua cintura. Ele pensava na maravilhosa coragem que mostraria na guerra.

O soldado não viu a pedra, tropeçou nela e se estatelou no chão poeirento. Ergueu-se, sacudiu a poeira da roupa, pegou a espada e enfureceu-se com os preguiçosos que insensatamente haviam largado uma pedra imensa na estrada. Então, ele também se afastou, sem pensar uma única vez que ele próprio poderia retirar a pedra.

Assim correu o dia. Todos que por ali passavam reclamavam e resmungavam por causa da pedra colocada na estrada, mas ninguém a tocava.

Finalmente, ao cair da noite, a filha do moleiro por lá passou. Era muito trabalhadora e estava cansada, pois desde cedo andava ocupada no moinho.

- Já está quase escurecendo, alguém pode tropeçar nesta pedra à noite e se ferir gravemente. Vou tirá-la do caminho. - pensou.

E tentou arrastar dali a pedra. Era muito pesada, mas a moça empurrou, puxou, se inclinou, até que conseguiu retirá-la do lugar. Para sua surpresa, encontrou uma caixa debaixo da pedra.

Ergueu a caixa e viu na tampa os seguintes dizeres: "Esta caixa pertence a quem retirar a pedra." Abriu a caixa e descobriu que estava cheia de ouro.

Quando o fazendeiro e o soldado ouviram o que havia ocorrido, voltaram ao local onde a pedra estava. Revolveram o pó da estrada com os pés, na esperança de encontrar algum pedaço de ouro.

- Meus amigos - disse o rei - com freqüência encontramos obstáculos e fardos no caminho. Podemos reclamar em alto e bom som enquanto nos desviamos deles se assim preferirmos, ou podemos erguê-los e descobrir o que eles significam. A decepção é normalmente o preço da preguiça.

Valorize as dificuldades

Quando encontrar alguém já com sucesso elevado, que tenha atingido andares mais altos - que você almeja -, não pense que isso é sorte. A capacidade e a motivação certamente foram ingredientes essenciais para que ele tenha chegado ali.

Não há forma de ter sucesso em uma atividade se não houver perseverança, foco e comprometimento. Além disso, é preciso não esmaecer o brilho do sonho da conquista diante das dificuldades que surgirem.

Os problemas que surgirem são, na verdade, desafios a serem vencidos para que você possa aprender com eles. As intercorrências em uma trajetória são importantes para refletirmos o que há de tão importante na direção em que estamos indo. Muitas vezes, servirão também para ajustar o "leme de nosso navio", redirecionar metas, buscar variações naquilo que desejamos.

Então, sabe esses problemas aí, que estão tumultuando seus pensamentos? Respire fundo, acalme-se e tente tirar o máximo de proveito deles - seja com aprendizado, seja com realinhamento de seus planos.

Tenha um excelente final de semana!

Beijos inspiradores, abraços cheios de energia!

Marcio Zeppelini


A capacidade e a motivação são
ingredientes essenciais ao sucesso
Marcio Zeppelini

PARCEIROS VER TODOS